Pensionato de loucos... você entra e viaja nas mais loucas aventuras criadas por nossos consciêntes! Baseado na história original de Ken Akamatsu ~ LOVE HINA XD Divirta-se!
 
HallInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 A vida passada de uma rainha: Arthur?!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Lana Chan

avatar

Leão Coelho
Número de Mensagens : 31
Idade : 30
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Ficar em casa
Humor : ¬¬
Data de inscrição : 23/06/2009

MensagemAssunto: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Qua Mar 23, 2011 1:39 am

Lendas são reais mas, esta é um pouco diferente do normal. Digamos que invertemos um pouco o sexos nesta aqui! ^.~


Todos nós possuímos um passado, todos nós possuímos uma vida passada, acredite ou não. Naquele tempo, todos visitavam Camelot na esperança de conhecê-la; Aquela que derrotou os Saxões e matou 960 homens em batalha sozinha. Todos queriam conhecer Arthur.

Nesta vida passada, vamos contar a encarnação de uma guerreira e o que ela representava. Mokona não foi sempre uma jovem cheia de energia e mistificação por parte de sua identidade ao lado de Yuuko, a feiticeira das dimensões. Ela já foi naquele tempo a soberana britânica a quem chamavam de sua rainha, ou melhor, seu rei, pois lutava como um homem e amava como ninguém o seu lar. Seu grande amor era Guinvered vivido por Xysuke Uchiniwa um príncipe prometido para a jovem rainha Arthur; um grande guerreiro.

Ao seu lado existiam os 34 cavaleiros que faziam parte da grande távola redonda. Entre eles Lancelot, a encarnação passada de Lola Naruza, a guerreira que lutava lado a lado com sua senhora. Outro cavaleiro fiel de Arthur era Bedivere na lenda seria este homem que devolvia a antiga espada Excalibur para a dama do lago em Avalon, nesta vida ele se chama Kunisaki Sagara.

Ainda dentro de todo este enredo ainda existiu um jovem chamado Morgann seguidor das lendas e mistificações de Avalon meio-irmão de Arthur, Akamaru Ichihara, naquela época um sacerdote, aprendiz do grande mago Merlin vivido por Kuranosuke Sagara, aqui nessa vida como seu tio. Mordread, sendo Larg seria a suposta filha não reconhecida de Morgann e Arthur; a jovem era a nova dama do lago em Avalon.
Ainda neste universo místico recheado e preenchido por lendas, uma princesa chamada Isolda conhecida por ser Lety chan e o cavaleiro de Arthur, Tristão conhecido como Azrael nesta vida os quais na lenda sofrem pelo seu amor da seguinte maneira (como em todas suas encarnações passadas):

Tristão, excelente cavaleiro a serviço de seu tio, o rei Marc da Cornualha, viaja à Irlanda para trazer a bela princesa Isolda para casar-se com seu tio. Durante a viagem de volta à Grã-Bretanha, os dois acidentalmente bebem uma poção de amor mágica, originalmente destinada a Isolda e Marc. Devido a isso, Tristão e Isolda apaixonam-se perdidamente, e de maneira irreversível, um pelo outro. De volta à corte, Isolda casa-se com Marc, mas Isolda e Tristão mantêm um romance que viola as leis temporais e religiosas e escandaliza a todos. Tristão termina banido do reino, casando-se com Isolda das Mãos Brancas, princesa da Bretanha, mas seu amor pela outra Isolda não termina. Depois de muitas aventuras, Tristão é mortalmente ferido por uma lança e manda que busquem Isolda para curá-lo de suas feridas. Enquanto ela vem a caminho, a esposa de Tristão, Isolda das Mãos Brancas, engana-o, fazendo-o acreditar que Isolda não viria para vê-lo. Tristão morre, e Isolda, ao encontrá-lo morto, morre também de tristeza.

†††††††††††††††††††††††††††††††††††††††††††
Off: Aos que chegaram agora, para participar desta história é necessário me mandar uma mensagem pessoal, para poder encaixá-los.

Ouça o opening:

Esta história se passa no ano em que Arthur já possuía seus 23 anos, casava com Guinvered. Estavam presentes todos os cavaleiros da Távola redonda, Isolda casada com Marc vivido por Ali. Morgann e Merlin.
Quem lhes conta esta história é Lana não muito conhecida como uma das sacerdotisas de Avalon, Agatha prima de segundo grau inseparável de Guinvered. Serei eu a voz desta aventura do passado.

Isolda se sentia desconfortável vendo aquele casamento cheio de alegria e felicidade, as músicas era ao estilo medieval ela estava com seu vestido tradicional, embora fosse mesmo elegante quanto ao de Arthur.


O casamento acontece ao ar livre em Avalon, Arthur entra lindamente.


Eu estava mais atrás analisando cada passo da rainha.


Lancelot estava observando-a ao longe.


Eu estava bem à frente observando cada pessoa que se aproximada e me encantava com a delicadesa da rainha ao se aproximar diante de Merlin. O mago sorriu ao observá-los era o grande dia e seriam abençoados conforme a origem de Avalon.
Era o começo de um novo tempo de paz, mas será?

Vi Isolda derramar lágrimas, e Morgann suspirar decepcionadamente ao ver a meia-irmã a qual havia tido relações na cerimônia do Beltani, parte do ritual Wiccano onde havia sido iniciada e educada em Avalon. Somente Morgann sabia que havia tido relações sexuais com a meia-irmã, a filha que Arthur havia tido a partir dessa relação "incestuosa", teria sido levada por Merlin ao nascer, para ser educada em Avalon como Arthur havia sido. A rainha casava agora sem saber que sua filha estava viva, ela era escolhida e escondida aos olhos de todos.

Quando será que as verdades iriam ser reveladas? Eu me perguntava enquanto via aquele casamento e o desfecho das vidas de todos sendo reveladas. Chamo-me Agatha e sou a única que sei os segredos mais profundos de Camelot e Avalon.

Vi um saxão se aproximando naquele momento, parecia um homem mais ou menos da idade de Guinvered e mau encarado; talvez o começo de uma nova guerra, a vingança dos saxões poderia começar naquele cenário tão pacífico? Eu tinha medo que ele fizesse alguma coisa, me aproximei curiosamente e lhe dei as boas vindas.

- Seja bem vindo a Avalon Sir...

Ele me encarou como se absorve-se meus olhos, possuia um tapa-olho parecia ter sido a muito tempo; sua voz saiu fria ao pronunciar seu nome.

- Sir Tzuiron filho do grande rei morto Saxão, Saoron... - Fixava seu olhar no casal real.

Engoli a saliva e o observei um longo tempo.

- Um belo casamento não acha? - Ofereci um vinho como cortesia.

Ele pegou a taça bebeu o liquido e limpou a boca com a manga da vestimenta.

- Que a Deusa deles os proteja... - Ergueu a taça ao alto como homenagem. - Pois irão precisar... - Jogou a taça de ouro ao chão bruscamente virou as costas e se afastou dali.

Foi nesse exato momento em que eu percebi que agora começava uma nova fase.


Ouça o ending:

TO BE CONTINUED...

obs: Essa aventura é uma pararela que já pensava em criar a um bom tempo. bjs

_________________
"Melhor amar e ser amado nessa vida, do que morrer sem ter conhecido o amor!"



"Sou fiel ao meu coração."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Qua Mar 23, 2011 10:15 pm





*A cada passo dado, o coração de Arthuria batia mais forte... Passaria o resto de sua vida junto ao homem que amava... Já havia passado por muitas coisas no pouco tempo de vida que tinha. Enquanto caminhava em direção ao altar pronto para a cerimônia, Arthuria lembrava de quando ficou sabendo que era filha do Rei da Bretanha, Uther Pendragon, e que teria que assumir o trono.
Lembrou quando Merlin apareceu lhe dizendo que teria que ser boazinha com ele, para que ele lhe mostrasse onde estava a espada sagrada. "Pegue no bolso do titio - disse ele" , e ela lhe dera uns sopapos... Lembrou da espada brilhando presa magicamente à pedra...




Da sensação da espada em sua mão, e de como ela respondia a sua energia saindo da pedra, onde estava cravada ha tanto tempo...*



*As pessoas estavam conversando baixinho. Sabia que tinha muitos aliados, mas também aqueles que estavam ali mais por interesse próprio, do que pela própria Bretanha. Os idiotas ainda não tinham entendido que somente unidos teriam poder contra os Saxões... Mas aquele não era o momento de pensar nisso... Olhou para o homem a seu lado, e seu coração se encheu de ternura. Ficou vermelha ao lembrar que não era mais virgem, e que ele nunca saberia disso. Até hoje os tambores dos homens das tribos da Ilha de Avalon retumbavam em seus sonhos, e ela lembrava de muito do que acontecera no Grande Rito, onde o Deus e a Deusa, usando seu corpo e o corpo de um homem escolhido pelas tribos, tinham se unido. Ela engravidara desta união, porém a criança não sobrevivera. Ela não sabia se ficava triste ou feliz com isso... Mas lembrava do homem que a fizera mulher. Seu rosto estava escondido por uma máscara, assim como o seu próprio rosto, mas lembrava do corpo dele, nu, junto ao seu... Parou de pensar naquilo... logo estaria em núpcias com seu grande amor... não tinha que pensar em outro...
Estavam quase chegando ao altar. Olhou para seu meio irmão, Morgann. Tinha um carinho grande por ele, mas gostaria de te-lo mais próximo. Lancelot estava afastada, como sempre, mas sabia que podia contar com ela sempre! Seus cavaleiros ali estavam... todos lhe dando apoio... todos lhe amando... sentia-se numa grande família...*



*A música pára quando eles chegam no altar... era agora que sua vida mudaria...*


_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jiro Kimura

avatar

Áries Cavalo
Número de Mensagens : 3
Idade : 27
Data de inscrição : 25/04/2011

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Seg Abr 25, 2011 9:10 pm



*Uma musica leve era tocada por uma moça... que estava ao lado do altar. Enquanto Merlin falava aos noivos...

As costas de Guinvered estavam suadas, sua nuca estava eriçada. Isso só acontecia um pouco antes de uma batalha, tal a excitação que sentia. Olhou para sua noiva... sua rainha... tinha finalmente conseguido dizer a ela o que sentia, e sem acreditar ela correspondera com paixão aos seus encantos. Tinham terminado uma batalha sangrenta, na qual vários cavaleiros e amigos tinham perecido. Nunca na vida Guinvered tinha visto lágrimas saírem dos olhos de sua há tanto tempo amada rainha, mas naquela tarde sangrenta vira seus olhos cheios de lágrimas. O rosto suado, marcado pelo sofrimento... as lágrimas caíram em silencio enquanto misturavam-se com o sangue dos tantos homens que ela matara. Ela olhara para ele com olhos suplicantes, e mesmo assim sorriu para ele. Sem pensar duas vezes ele a abraçou, forte, como há muito tempo sonhava. Ela retribuiu o abraço. Os dois passaram alguns minutos assim, e quando se voltaram um para o outro, ele disse em palavras quase inaudíveis.

- Amo-te minha rainha, como à ninguém mais.

E Arthuria respondera da mesma forma...

- Amo-te mais que a todos...

Depois disso eles trocaram um beijo apaixonado, e em meio aos corpos no chão, seus homens gritaram alegres que finalmente sua rainha tinha encontrado o amor. Alguns não gostaram da ideia, mas não poderiam dizer nada, simplesmente aceitaram. E agora eles estavam ali... prestes a consumar o que lhe parecia somente um sonho. Agora seria o homem de Arthuria... e REI...*



_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lana Chan

avatar

Leão Coelho
Número de Mensagens : 31
Idade : 30
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Ficar em casa
Humor : ¬¬
Data de inscrição : 23/06/2009

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Ter Abr 26, 2011 3:08 am

A festa tomou a noite. Cansados o casal migrava para sua lua de mel; Com a carruagem pronta a espera nas margens do rio, seguiram dentro dos barcos todos os convidados agitados e desejando felicidades aos noivos.
Lancelot fora a primeira a desenbarcar e puxar a embarcação da Rainha e do Rei ali. Seus olhos fitavam com carinho os dois, suas palavras foram poucas naquele momento mas suficientes para alegrá-los.

- Que a Deusa sempre proteja a felicidade de vocês... Nós aguardaremos ansiosos o retorno de vossa lua de mel... - Se curva.

As palavras do Merlin os guiariam pelo resto da jornada a caminho do local onde passariam uns 15 dias; no altar... naquele... momento ele falou:

- Unidos são aqueles bem aventurados que encontram suas almas verdadeiras; onde a lua contempla esta união, que reacende o fogo do amor regido pelo sol guardado nos confins de Avalon, ele é despertado neste momento; a Terra abençoa essa união, embalanda pela água que batiza e o vento sela o contrato da paixão eterna. Eu vos abençoo! Que seja pela vontade dos Deuses!

Nesse exato momento entra Mordread a suposta filha de Arthuria lindamente cantando uma musica para encerrar o casamento, perfeitamente.Sob meus olhares cuidadosos. Arthuria recebia de Guinvered sua aliança forjada ali mesmo em sua terra de criação.


O olhar daquela garota era penetrante e profundo, como o lago que protegia Avalon. Eu fiquei esperando por uma oportunidade de me aproximar, mas, fiquei apenas na vontade.

Percebi mais tarde após o rei e a rainha partirem a presença de outra pessoa no local, estava um tanto aflita havia chegado a cavalo, mas, perdera a carruagem real. Seu modo de andar era um tanto feminino, Lancelot imediatamente se aproximou discretamente dela, aquela a quem hoje chamamos de Mirah. Ela trazia consigo uma mensagem urgente do reino vizinho, realmente os saxões haviam voltado para a região.

- Proteja com sua vida Arthuria e Guinvered! - Lancelot ordenou a guerreira. - Mas, ocultes tua presença, para que eles não percebam ainda que estás a protegê-los, estarei encarregada de proteger o reino, e tu deves vigiar vossa majestade! Quando se fizer necessário... Avise-a imediatamente!

Lancelot da as costas, monta em seu cavalo negro e grita a todos.

- 2 Vivas a nosso rei e nossa rainha!!!... Vamos voltar... Temos muito o que proteger até a volta de vossa majestade! - Sorriu e todos a seguiram, os sons poderosos e marchadores dos cavalos fizeram com que a floresta ecoasse a força da guarda real comandada por Lancelot.

Isolda sorriu para Tristão, e logo seguiu embora junto com seu marido, mas deixando um lenço com ele com dados onde poderiam se encontrar.
Eu fiquei um tempo mais com Merlin, logo fizemos nossa festa particular comemorando aquela união. Sophitia uma jovem violinista entrou em cena em Avalon, fe-se mais uma noite de festas e comemoração.


Do outro lado das montanhas de Kamelot, Tsuiron mandou dois batedores descobrirem a localização exata da Rainha, seria o começo de uma retaliação.

_________________
"Melhor amar e ser amado nessa vida, do que morrer sem ter conhecido o amor!"



"Sou fiel ao meu coração."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Ter Abr 26, 2011 4:06 pm

*Arthuria dera adeus a todos que ficavam na festa. Ela e Guin passariam alguns dias isolados, no âmago de Avalon, para consumar o casamento e quem sabe dali vir seu herdeiro... Ela girou a aliança no dedo, o simbolo da união de ambos. Lembrou da bela voz da jovem aprendiz de sacerdotisa que cantara enquanto ela e Guin beijavam-se na frente de todos os convidados. Como aquela menina lembrava ela mesma... ingenua... bela e despreparada... Esperava que todas as mulheres um dia tivessem a oportunidade de aprender a viver melhor suas vidas.

Ela estava nervosa... Guin segurou sua mão forte, enquanto olhava pela janela. Ele tremia... seria medo? Excitação talvez... logo eles estariam na pequena choupana em meio a floresta, e lá poderiam se entregar. Por um momento ela pensou em Lancelot... não deveria ter esses pensamentos...

Arthuria: - Guin... eu estou um pouco nervosa...

Guinvered: - E eu estou muito nervoso - Guin segurou a nuca dela com sua mão, enquanto levava os lábios sedentos até sua boca. A beijou com paixão. - E essa choupana que não chega nunca... Like a Star @ heaven

Arthuria sorriu, encostou sua cabeça no ombro dele, e ficaram assim, até chegarem no lugar... os dois tinham os corações acelerados. Alguns criados já haviam deixado o lugar digno de uma rainha e um rei, e vários cavaleiros faziam a guarda nas imediações.

Eles entraram e cada um foi para um comodo diferente da casa. Iriam prepará-los para a união. Tomariam um banho perfumado, e trocariam de roupa. Arthuria entrou no quarto principal, onde havia uma cama enorme, de dossel, esperando por eles. Ela estava com seu cabelo longo solto, vestia uma fina camisola branca. Uns minutos depois Guin entrou com uma calça de linho simples, sem camisa. Arthuria sentiu seu estomago ferver, uma rajada elétrica passar por sua espinha. Ela podia ver as cicatrizes de guerra, assim como ele veria as suas. Eles se aproximaram, sem dizer uma palavra, somente os olhos se comunicando. Suas bocas se encontraram e eles ... CENSURADO


(CENSURADO - Para maiores informações e detalhes quanto a esta parte da história, basta acessar o link. Primeiramente deve ser feito o cadastro no forum, SE VOCÊ FOR MAIOR DE 18 ANOS obviamente... obvio )


No dia seguinte Arthuria abriu os olhos sonolenta. Sentiu o peso da cabeça de Guin que dormia sobre seu peito. Ela sorriu ao lembrar da noite passada, ficando vermelha. Era um sonho estar ali... em paz, com o amor da sua vida! Tinham tantas coisas para fazer, que 15 dias afastada do reino era demais. E se alguma coisa acontecesse? Ela fez carinho na cabeça de Guin... os cabelos dele eram tão loiros que eram quase brancos. Sentiu o cheiro dele fechando os olhos. Gravaria na mente essa fragrância, que a enebriava.

Guin abriu os olhos e a olhou. Sorriu e lhe deu um beijo rápido. Levantou-se colocando a calça e foi até o pequeno comodo ao lado do quarto. Depois de um tempo ele voltou com uma bandeja cheia de guloseimas.

Guin: - Para minha Rainha, o melhor cafe da manhã do mundo!

Arthuria riu e sentou-se, ainda nua, para comer. Ruborizou e puxou o lençol.

Guin: - Você é linda... Arthuria - era a primeira vez que dizia o nome dela... sempre a chamara de minha Rainha, ou minha Senhora. - Mas vamos comer, ou te atacarei novamente. - Ele sentou ao lado dela, comendo animadamente, olhando para ela com o canto dos olhos.

Art: - Guinvered... vou chamá-lo de Guin... esse é o nome pelo qual o chamarei a partir de hoje! - Ela sorriu e começou a comer também. Quando levantou uma das proteções de prata de uma das bandejas, arqueou as sobrancelhas em espanto. Não havia comida ali, mas um belíssimo colar. Era uma meia lua feita de uma pedra que nunca vira antes.

Guin: - Dizem que esta meia lua foi feita da mesma pedra que caiu do céu, a qual sua espada Excalibur foi feita. É um pingente dos Deuses para minha Rainha usar... - Guin ruborizou, enquanto comia. Ele riu por dentro... já tinha enfrentado muito saxões, até mesmo a morte, mas estar assim ao lado dela o deixava completamente desarmado.

Art: - Muito obrigada... meu amor... - Ela virou a cabeça e lhe deu um beijo. - Depois de comermos quero te levar em um lugar ao qual não vou há muito tempo. Ia quando era criança, as sacerdotisas ficavam loucas atras de mim. Quando passei a viver na casa das moças, tinha tantos afazeres, que não tinha muito tempo.

Eles comeram e se arrumaram para sair...

_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Qua Abr 27, 2011 7:13 pm




*À oeste de Camelot havia um reino antigo, seu povo era remanescente dos Iceni... O povo de Boadicea... Rainha Celta que lutou contra os romanos para viver uma vida melhor na sua época. Eram um povo com costumes antigos, e Deuses antigos. Seus guerreiros eram conhecidos por sua bravura no campo de batalha e perícia com as espadas e lanças, e suas mulheres eram reconhecidas por serem as únicas a ter coragem de lutar, pintadas, gritando e invocando a fúria da natureza. O Rei deste reino falecera há alguns meses... Prasutagus deixara uma herdeira...

Kaie Ó Doibhilin (Kaie significa combate em Gaélico) uma das incarnações de Helena.

A princesa e nova Rainha era ágil com a espada e mestra na lança. Muitos pretendentes haviam tentado domar-lhe, para virar Rei, porém ela nunca quis casar-se. Vivia muito bem sem um homem querendo mandar-lhe, e quando sentia falta de um corpo masculino na sua cama, tinha a quem buscar conforto. Ela não era nenhuma mocinha ingenua, e nos seu já 22 anos, passara da época de pensar em casar e ter filhos. Sabia que no campo de batalha era conhecida como "Demônio Vermelho" não só porque quando o sangue subia em sua mente, ela matava com crueldade qualquer inimigo que a enfrentasse, mas também pela cor de seus cabelos...








Ela sabia ser cruel e às vezes sua sede por sangue a influenciava... ela tinha o dever de acabar com todos aqueles que ousavam acabar com o seu reino, com o seu povo.

Naquela manhã de fim de inverno, Kaie estava verificando algumas coisas no castelo, quando vários cavaleiros entraram a toda nos portões da fortaleza. Ela desceu até o térreo onde eles estavam pedindo informações.

Cavaleiro 1 : - Óh Mór Ríogain (Grande Rainha) percebemos a movimentação de um grande exército Saxão, indo em direção à terra de Camelot. São muitos homens, e estão caminhando com rapidez. Se ninguém avisa-los, serão atacados desprevenidos. O que devemos fazer?

Cavaleiro 2 : - Notamos também, óh Mór Ríogain, que eles levam catapultas... É visível que querem destruir o castelo do Grande Rei da Bretanha.

Kaie pensou por alguns minutos. Tinham paz com a Bretanha, pois eles estavam localizados em uma região que para terem acesso, qualquer inimigo deveria passar pelas montanhas rochosas. Poucos ousavam tentar invadí-los, por isso seu pai achou desnecessário fazer juramento à um Rei que não era deles... Porém o velho Rei enviara alguns de seus homens no dia da coroação, para lhe prestar respeito. Muito surpresos todos ficaram ao saber que no trono regia uma mulher, e agora Kaie não deixaria que aqueles Saxões imundos interferissem na paz que reinava na Bretanha.

Kaie: - Pois bem... é época de espera da colheita. Pegue seus melhores homens, e os lanceiros também, vamos levar a notícia e ajuda. Se não forem tão orgulhosos como penso que são, aceitarão nossa Deusa Aer, Deusa da Guerra e da Vingança, a seu lado para destruir esses Saxões de uma vez por todas.

No dia seguinte uma comitiva de 250 homens deixou o Castelo de Malahide em direção a Camelot. Seus arqueiros eram os melhores, e seriam muito uteis se a cidade fosse sitiada. Seus arcos longos conseguiriam atingir vários saxões. Os lanceiros tinham total domínio de suas técnicas, mesmo estando montados, então teriam uma grande vantagem. Tinha chegado aos ouvidos de Kaie, que havia um guerreiro, de nome Lancelot do Lago, que dominava a técnica de luta em cavalos, e que haviam muitos homens na Bretanha que usavam esta técnica. Estava excitada com a ideia... achar alguém que compartilhava do amor pelos cavalos e da luta com eles...

Eles viajaram por dois dias e meio, em meio as charnecas, correndo tão rápido quanto o vento. Kaie parecia unir-se ao cavalo. Toda a sua essência sentia a energia da natureza, a energia da Deusa a passar pelos dois corpos. Eles chegaram no inicio da tarde, sendo recebidos há uma certa distância do castelo, por precaução. Será que o Rei já sabia do perigo que corriam? Kaie aproximou-se da comitiva, juntamente com 3 de seus homens... Aguardava para que eles viessem conversar com eles...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Mirah Himitsu

avatar

Escorpião Cachorro
Número de Mensagens : 140
Idade : 22
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Maid Latte e casa de chá
Humor : Dedicada
Data de inscrição : 20/01/2011

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Sab Abr 30, 2011 1:57 am

Uma guerreira de cabelos cinzas destacava-se em meio às folhas das árvores. Elora, aquela a quem hoje conhecemos como Mirah, era uma guerreira muito talentosa. Ultimamente trabalhava como espiã, para contratar seus serviços era só lhe dar uma boa recompensa.
Elora fazia isso desde criança, foi a vida que seus pais lhe deixaram...


Elora desceu da árvore com um salto, caindo ao lado de seu grande cavalo negro, ao qual chamava de Agro.

-Te assustei Agro? -Ela disse, com um sorriso nos lábios. -Venha, vamos dar uma volta na casa. Quem sabe nós não achamos alguma coisa?!

Elora montou em Agro e cavalgou lentamente pelos arredores da casa onde a rainha Arthuria e seu rei estavam alojados. Parou somente quando avistou um pequeno objeto que reluzia sobre a luz do sol. Aproximou-se e viu que era uma pequena faca, mais ou menos do tamanho de uma kunai.
-...usada para ataques discretos... -Elora pensou alto, enquanto recolhia o pequeno objeto do chão. -Mas quem será que deixou isso por aqui...? Só podem ter sido...

Elora é imterrompida por um barulho de galho quebrando. Algum descuidado acabara de denunciar sua posição, estava bem próximo à casa onde Arthuria estava.
Elora montou novamente em seu cavalo e galopou até a origem do barulho.

-...Saxões. -Elora continuou, quando deparou-se com um deles parado bem à sua frente.

Mas é claro... ,Elora pensou, ...Sabia que reconhecia esse lugar! Aqui era um dos locais usados pelas famílias de Saxões para poderem escapar da guerra!

O problema maior, era que esse local era muito conhecido por todos os saxões. O que poderia acabar pondo emrisco a vida da rainha e do rei. Elora deu meia volta e voltou em direção a casinha, quando trombou com dois guerreiros mandados por tsuiron. Não tinha como passar, eles bloqueavam todo o caminho... Elora teria que lutar contra eles se quisesse ir avisar à rainha sobre o perigo de continuar naquele lugar

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.mundinho-secreto.blogspot.com
Lana Chan

avatar

Leão Coelho
Número de Mensagens : 31
Idade : 30
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Ficar em casa
Humor : ¬¬
Data de inscrição : 23/06/2009

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Qui Maio 26, 2011 1:18 am

off: post rapidamente.

Continuei em Avalon, estava quase amanhecendo quando Lancelot entrara na floresta, Bedivere (Encarnação de Kunisaki) saiu do lado de Karadoc o "paredão" como era chamado pelos outros e cruzou bruscamente na frente do cavalo de Lancelot o fazendo empinar.

- O que houve Bedivere?


Ele olhou para o meio da floresta e observou 3 figuras a espera deles, faltavam apenas alguns km para chegar ao castelo. Lancelot acompanhou o olhar do cavaleiro e viu alguns guerreiros, desceu de seu cavalo e caminhou bravamente na direção deles.

- Quem ousa invadir as Terras de Arthuria? - Gritou bravamente Lancelot.


Lancelot olhou para trás nos olhos de Bedivere como se pedisse algum manifesto de seus conselhos, ele apenas se aproximou com o cavalo e cumprimentou com a cabeça a distancia para aqueles que se escondiam.

- Não se preocupe... Se fosse para nos atacar, já teriam feito isso... - Falou Bedivere.

Lancelot ergueu uma sombrancelha e indagou.

- E por que dizes isto com convicção?

Bedivere sorriu.

- Mesmo sendo apenas 3, somente aquela que os lidera seria o suficiente para nos dar trabalho... Não é mesmo majestade Kaie? Ouvi falar muito de você... Grande guerreira... - Sorriu maliciosamente.

ENQUANTO ISSO...

- Jovem... Serás tu protetora da rainha com apenas este pequeno e frágil corpo? - Alguém falava nas sombras para Elora.

Um homem extremamente gigante acompanhado de outro mais baixo segurando um martelo de ferro enorme saiam das sombras observando a garota. Soltou uma gargalhada enquanto pegava seu martelo enorme das mãos do outro bruscamente.

- Me chamo Ezus 1° cavaleiro da guarda de Tsuiron. Ou seja, seu fiel guerreiro. Gostaria muito de escalpelar a rainha, mas, gostei tanto de teu cheiro que chegou a me fazer ficar excitado... HAHAHAHAHAHAHAHA! - Gargalhava alto e roucamente.


Ele ergueu o enorme martelo e golpeou bruscamente no chão criando um pequeno terremoto, que até mesmo Arthuria poderia sentir de longe. Ergueu rochas, que agora caiam por cima de Elora se ela não reagisse.

_________________
"Melhor amar e ser amado nessa vida, do que morrer sem ter conhecido o amor!"



"Sou fiel ao meu coração."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mirah Himitsu

avatar

Escorpião Cachorro
Número de Mensagens : 140
Idade : 22
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Maid Latte e casa de chá
Humor : Dedicada
Data de inscrição : 20/01/2011

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Qui Maio 26, 2011 2:17 am

Elora rapidamente rolou para o lado, desviando da chuva de pedras que quase lhe atingira. Elora escapou apenas com um pequeno corte em seu braço.
Ela olhou para o cavaleiro à sua frente, não tinha a menor chance contra ele. Se ele a acerta-se apenas uma vez, ela estaria perdida.

-Fizeste uma boa entrada... -Elora disse séria, enquanto checava se sua kunai estava presa à fita presa em sua coxa direita -Mas aposto que não consegue sequer me atingir.

Elora viu o corpo do guerreiro tremer de ódio. Se o plano dela desse certo, logo ela cravaria uma kunai cheia de veneno naquele guerreiro que vinha andando em sua direção.
A kunai não adiantaria muito, mas ela não havia trago nenhuma outra arma. Ela tinha vindo apenas observar e avisar à rainha, caso fosse preciso.

-Isso é um desafio? - O guerreiro disse, com um tom de ironia

Elora correu em direção ao guerreiro, mas ele a empurrou com o braço, derrubando-a bruscamente no chão.
Elora não esperava tanta agilidade de um guerreiro daquele tamanho e com toda aquela armadura. Ela ficou um bom tempo no chão até que o guerreiro se aproximou. Os olhos de Elora buscaram um pedaço de pele desprotegido para cravar a kunai. Ela localizou o pescoço, uma parte do tronco e.... as mãos!
Elora levantou-se rapidamente e cravou a kunai na mão do guerreiro, que nada fez, apenas agarrou Elora pelo pescoço.

-Isso é tudo o que você tem minha jovem?

A visão de Elora estava começando a ficar turva, quando ela ouviu alguém se aproximar...

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.mundinho-secreto.blogspot.com
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Sab Maio 28, 2011 12:09 pm




*O coração de Kaie parecia ter sido trespassado por mil lâminas. Os olhos daquele homem, o sorriso. Nunca um homem antes a afetara daquela forma... Nem mesmo as palavras duras da mulher imponente que estava na sua frente a afetara tanto... Fraca... estava sendo fraca e deixando seu corpo tomar conta de seu coração e mente. Provavelmente por fazer tempo que não levava nenhum homem para a sua cama... só podia ser isso... mais tarde até poderia se divertir com ele se lhe fosse a vontade...*

- Sou a Princesa Kaie Ó Doibhilin, das Terras do Oeste, viemos avisá-los de um grande movimento de saxões, prontos para atacá-los. Eles vem margeando as montanhas, marchando principalmente à noite. Parece-me que eles querem sitiar Camelot, e vem preparados para tal... E eu não sabia que era tão conhecida assim... - Kaie olhou orgulhosa para o homem loiro que tinha falado dela daquela forma. Então seu nome estava na boca dos homens de Camelot também. Gostou da idéia. - Gostaria de falar diretamente ao Rei, para prestar-lhe meus votos de aceitação. Ela tem sido uma bom Rei para seu povo e trouxe a paz para a Bretanha. Não posso ficar de lado de algo tão grandioso. E vocês, são exatamente quem e o que fazem no reino de Camelot?

*Kaie estava com uma das sobrancelhas levantadas, olhando para os dois, como se olhasse para dois cachorrinhos sem nome... Queria saber o nome do homem loiro.*


Voltar ao Topo Ir em baixo
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Seg Jun 20, 2011 7:53 pm

*Arthuria e Guinvered saíram de cavalo, bem cedo, acompanhados de uma pequena escolta. Ela queria levá-lo até a cachoeira que fazia o lago onde a Ilha de Avalon e outras pequenas ilhas estavam. O lago parecia realmente enorme para comportar todas as ilhas, e havia uma segunda ilha, ao longe, de onde vinha a cachoeira. O barulho da queda água, mesmo estando longe, era alto.



Arthuria: - Aquela é a ilha dos Druidas. O nível da água aumenta com o degelo após o inverno. Existe uma pequena ilha de pedras bem próxima à queda d'água que só aparece no inverno, quando a água diminui. Ali... foi dali que tirei Excalibur da pedra... É por ela estar ali que acreditavam que a Senhora do Lago a segurava, pois quem enxergava ao longe via somente a espada saindo da água, sem saber que ela estava presa na pedra submersa.

Arthuria queria contar tudo sobre sua vida... ou quase tudo. Queria contar as coisas que lhe marcaram, mas as coisas boas, obviamente.

Arthuria: - Eu não achava que era da realeza. Meu pai era um dos campeões do rei, mas era um homem simples, e vivi como uma mulher simples. Sempre gostei de lutar e era mais forte até que meus irmãos mais velhos. Meu pai dizia que eu tinha o sangue dos antigos de Avalon, mas não acreditava. - Ela olhava ao longe, seus olhos brilhavam ao lembrar de uma época em que seus maiores problemas eram que seu pai a deixasse participar dos torneios da vila. - Quando o Merlin veio até mim me contando tudo, não acreditei de inicio. Só acreditei quando retirei a espada da pedra, e minha vida mudou...

Ela ficou olhando ao longe por alguns minutos, esperando que seu amado lhe dissesse algo. Gostava tanto de ouvir-lhe a voz grave. Era quase que um afago na sua alma quando ele lhe dirigia a palavra, e lhe dirigia seu olhar quente e calmo.


_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jiro Kimura

avatar

Áries Cavalo
Número de Mensagens : 3
Idade : 27
Data de inscrição : 25/04/2011

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Seg Jun 20, 2011 9:51 pm

Guinvered gostaria de permanecer nos braços de sua amada, passar o dia na cama enrolado em seu corpo macio, porém faria de tudo para deixá-la feliz, e se sair para andar a cavalo era algo que a faria feliz, então que fosse.
Eles partiram então para o tal lugar secreto que ela queria lhe mostrar. Realmente a visão do lugar era magnífica. Ele andara por vários lugares na Bretanha, mas nada como aquilo ele encontrara em suas viagens. Ela contara então algumas lembranças de seu passado, confidenciando seus sentimentos a ele.

Ele sentiu-se extremamente feliz por ver que fazia parte da vida dela agora... completamente... e ele mesmo poderia abrir seu coração e contar certas coisas a ela também. Ele chegou ainda mais perto dela, tomou-lhe a mão beijando-a e disse olhando apaixonadamente para seus olhos:

Guin: - Imagino que se não fosses Rainha, te encontraria, minha amada? Acredito que nosso amor iria juntar-nos, não importando quem ou o que seríamos... - Guinvered baixou a cabeça e deu-lhe um beijo apaixonado. Arthuria retribuiu o beijo com ardor. Mesmo com vergonha, a atração que sentia por Arthuria superava qualquer timidez de sua parte. Ele continuou a beijá-la mais e mais profundamente. Arthuria abriu seus olhos e disse:

Arthuria: - Guin, se continuarmos assim, não conseguirei me aguentar e me afundarei em teus braços... - ela estava visivelmente afetada.

Guin: - Bem, podemos improvisar... - ele disse com um sorriso maroto no rosto, olhando para a mata densa... Evil or Very Mad

Arthuria: - Guin! Embarassed Venha... vamos retornar logo ao nosso ninho de amor... - Arthuria correu em direção aos cavalos rindo. Uma risada límpida como há muito não dava.

O coração de Guinvered falhou uma batida. Então... então era assim a risada de sua amada? Será que ela rira outras vezes em sua vida sofrida? Teria que fazê-la rir sempre! Era uma promessa!

Os dois então encontraram a pequena escolta no caminho para a estrada e seguiram em direção à pequena choupana, sem saber que os saxões espreitavam as proximidades.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Lana Chan

avatar

Leão Coelho
Número de Mensagens : 31
Idade : 30
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Ficar em casa
Humor : ¬¬
Data de inscrição : 23/06/2009

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Ter Nov 29, 2011 12:17 am

Enquanto a jovem corajosa lutava contra o monstro que Tsuiron mandou de presente a rainha...
Bedivere desceu de seu cavalo e se aproximou se curvando a Kaie.

- Lord Bedivere, a sua disposição minha nobre senhora. E todos estes, são cavaleiros da Tavola redonda. - Ele levantou a cabeça, mirando nos olhos daquela mulher, mostrando um sorriso maroto no canto da boca.

Lancelot começou a pensar nas palavras de Kaie, se os Saxões estavam por perto novamente, então... Ela parecia enlouquecer, sua memória a fervilhar pelas batalhas e guerras vencidas contra eles; Mesmo assim o medo percorria a alma de Lancelot foi então que tomou sua decisão...

- ARTHURIA! - Ela gritou e montou em seu cavalo.


Todos os outros cavaleiros ficaram espantados pela ação repentina de Lancelot, mas sabiam que aquilo não era nada agradável. Bedivere ficou com a responsabilidade de guiar os outros.

- 15 de vocês voltem para o castelo, o resto vem comigo... - Falava olhando na direção de todos os outros homens que sobraram. - Kaie, seria uma honra que seu povo pudesse lutar a nosso lado para proteger nossa rainha... - Ele virou o rosto na direção dela seriamente esperando uma resposta enquanto os outros começaram a partir na direção de Lancelot.

Um flecha atravessou a garganta de Ezus, enfim soltando a jovem garota de sufocar, estava inconsciente, o som do trotar daquele cavalo fez despertar a curiosidade de mais um guerreiro de Tsuiron, após ver Ezus cair como se fosse uma banana podre.

- Quem és tu cavaleiro negro? Saia das sombras e lute contra o irmão de Ezus, Hagnon! - O gigante gritava.

Lancelot saiu da mata, já era noite, seu olhar desejava sangue estava seria como se estivesse possuida.

- Saia do caminho se não desejas morrer como teu irmão, monstro insano! - Lancelot surgia a luz da lua como um anjo negro.

O monstro sentiu-se afetado com a figura que tinha asas negras, coçou os olhos, mas vira apenas uma mulher montada em um cavalo negro forte e poderoso.

- És tu aquele que se chama Lancelot? Pelo nome pensava que era homem, mas vejo que és uma franguinha!

Lancelot desceu do cavalo sorrindo se aproximou do corpo da jovem e a pegou no colo, colocou em cima de seu cavalo e disse de costas para o homem.

- Posso ser uma mulher, mas, em toda a minha vida ao lado da rainha... Jamais permiti que qualquer um tocasse em um fio de cabelo seu... Agora há apenas um homem que permito isso... - Falou com dor como se tivesse perdido algo valioso. - Guinvered.

Guinvered poderia estar apenas alguns km dali, mas ele poderia ter sentido um arrepio fora do comum naquele mesmo instante.

- Não vim até aqui para gastar minha lábia com deformados como você... Eu Lancelot, juro por essa espada... - Desembainha a espada. - Que continuarei a lutar pelo bem de minha senhora!

Hagnon usou sua lança para tentar atingir Lancelot, mas em vão. O salto que ela deu repetidas vezes escapando do seus golpes, fora o suficiente para aproveitar a chance quando o monstrengo cravou a lança no chão e a prendeu sob a terra, subiu pela mesma e com um salto cravou a espada no crânio de Hagnon.

- Graaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahhhhhhhhhh! - O grito do monstro ecoou pela floresta.

Lancelot estava caida em cima da carcaça do gigante, atingida por sangue em sua face, muito ofegante. Ela tremia de raiva e terror, aquele homem a ferí-la no braço, e sangrava sem parar. Ela arrancou a espada com brutalidade e com um urro de animal selvagem, caminhou meio bamba em direção a seu cavalo onde estava a garota.

- Muito bem... - Sorriu mais tranquila acomodando a jovem na garupa. - Agora vamos ver nossa rainha.

Lancelot galopou por um caminho de chão batido, atravessou um vilarejo para chegar até onde Arthuria estaria. Seu cavalo estava cansado, eles pararam em um lugar para descansar. Lancelot pediu a uma velha tipo curandeira que cuidasse da menina que havia carregado até ali, e com prazer o fez. Enquanto isso ela caminhava entre a floresta quando ouviu a voz de sua majestada.

- Arthuria? - Continuou a correr até chegar ao lugar prometido para o casal, ao vê-la ao longe seu coração soava aliviado.


to be continued...

_________________
"Melhor amar e ser amado nessa vida, do que morrer sem ter conhecido o amor!"



"Sou fiel ao meu coração."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   Seg Jan 02, 2012 11:53 pm

OFF *Enquanto as idéias não vem, aproveitamos para visualizar!! ^.~*

http://www.4shared.com/video/Z2BZ43CU/Arthuria.html

Aproveitem a ideia ^.~

_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: A vida passada de uma rainha: Arthur?!   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
A vida passada de uma rainha: Arthur?!
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» DÚVIDA EM MODELO DE RODA...(TALVEZ PALITO AMERICANA)
» Manutenção Preventiva garante vida longa ao carro
» 8.ª Exposição Canina Nacional das Caldas da Rainha
» Luta pela vida ! Exemplos aos oitentas...
» Moto não dá sinal de vida

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hinata Sou ~ Wellcome :: ~ Navegando Na Pensão ~ :: *~* Aventuras Aqui *~*-
Ir para: