Pensionato de loucos... você entra e viaja nas mais loucas aventuras criadas por nossos consciêntes! Baseado na história original de Ken Akamatsu ~ LOVE HINA XD Divirta-se!
 
HallInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 ~ DaiSuki Tea House ~

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11, 12, 13  Seguinte
AutorMensagem
Mokona
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 514
Idade : 27
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Jun 25, 2012 10:59 am

(PRIMEIRO DIA DEPOIS DA INAUGURAÇÃO!)

*Mokona chegou cedo na casa de chá. Recebeu alguns fornecedores e tratou de mandar brasa nos afazeres do dia. As meninas começaram a chegar, e Mokona percebeu May assim que ela entrou pela porta da cozinha. Ela estava sorridente, mas Mokona conseguiu ver, no fundo dos olhos da outra, uma profunda tristesa. O episódio de ontem tinha atingido May de uma forma profunda. Mokona não poderia começar a tratar May de forma carinhosa assim do nada, ela teria que ir aos poucos mostrando à cunhada que estava mudando a forma de ser para com ela. As duas agora eram colegas de trabalho, iriam passar muito tempo juntas, e acreditava que isso iria aproximá-las.

Mokona: - Bom Dia May (era umas 11h da manhã). Deixei o esquema do dia de hoje no mural. Preciso que você faça pra mim aqueles Muffins deliciosos... Acho que dá tempo... e amanhã teremos as provas de algumas roupas, pois a cada semana teremos um dia temático. Esta semana será a semana do Mordomo Londrino... todas as meninas estarão vestidas com uniformes masculinos... e assim por diante...

*Enquanto Mokona ia falando, ela ia organizando algumas coisas na cozinha, e esperando que a massa da torta especial do dia ficasse pronta. Ela não olhava para May, mas conversava com ela amigavelmente. Ela estava bastante tensa, digamos assim, com as faces coradas e a testa meio úmida.*


*May notou algo de estranho em Mokona desde o "Bom Dia May!" Será que ela estava tramando algo? Será que descobrira que fora ela que fizera toda a confusão por causa do chá? Com o cenho franzido, May foi até o mural e leu as especificações do dia. Nada de difícil. Iria fazer os muffins imediatamente.*

May: - Ok Mokona-chan... Eu... queria pedir desculpas por toda a confusão de ontem, não vai mais se repetir. Serei mais profissional a partir de hoje. - May começou a pegar os ingredientes para os Muffins, e dentro de seu coração algo parecia querer sair pela boca... ela estava com muitas idéias e dúvidas na cabeça, e não tinha ninguém pra conversar. Não conhecia Mokona suficiente, e nem tinha tanta intimidade com ela para falar qualquer coisa de sua vida pessoal. Mas parecia que precisava muito falar para alguém o que lhe apertava a garganta. As duas estavam trabalhando em silêncio, quando de repente May sente algo escorrendo de seus olhos... as lágrimas vieram sem que ela ordenasse. Tentou de todas as formas acalmar-se, mas parecia que uma represa havia sido destruida dentro de si.


*Mokona olhava May trabalhando silênciosamente, e não sabia o que dizer para quebrar aquele silêncio todo. Pensava, ainda calada, nos comentários idiotas que poderia fazer e só piorar tudo. No grande salão as meninas estavam tagarelando arrumando as mesas e os arranjos de flores para o dia que iniciaria. Algum tempo depois Mokona olhou May de canto e viu que as faces da menina estavam molhadas... de lágrimas?*

Mokona: - Muitas vezes o destino nos prega peças, para que possamos crescer nessa vida. Eu nunca acreditei em destino até encontra o Xy-kun e todas as pessoas ao meu redor, que me ajudam a mudar e a crescer interiormente. - Mokona olhou para May com um sorriso nos lábios, achando que talvez aquelas palavras pudessem levantar o moral dela.


*May arregalou os olhos com as palavras de Mokona. As palavras dela a atingiram como um raio, e as lágrimas rolaram soltas. May largou a colher de pau, e virou para Mokona, olhando-a com olhos tristes e molhados.*

May: - Você tem razão, Moka-chan... eu... eu... amo meu irmão acima de tudo neste mundo, ele é a única família que eu tenho, e você o tirou de mim... - As palavras iam saindo sem que May pensasse, numa ansia por falar o que estava preso em sua garganta - O destino foi cruel conosco desde o começo, e parece que continua cruel para comigo, pelo menos. - Ela virou-se para o balcão, envergonhada por ter falado a verdade para a cunhada. - Eu invejo você Mokona. Eu odeio você por ter o coração do meu irmão todo pra você. Mas sei que isso é errado. Sei que tenho que pensar e sentir isso diferente, mas é muito difícil pra mim. - May deixou as lágrimas correndo enquanto tentava se acalmar.


*Mokona ouviu as palavras desesperadas de May, e ficou triste também, abaixando os olhos. Sentiu-se um coco da mosca do coco do cavalo do bandido... Mas uma luz de carinho apareceu no meio do coração de Mokona e ela aproximou-se um pouco de May dizendo:*

Mokona: - O coração de Xysuke é maior do que você imagina, May, e ele continua te amando como sempre amou, e se preocupa com você todos os dias. O amor que ele sente pelas duas é diferente, mas não menos intenso. Eu...


*Numa explosão de raiva e frustração ao ouvir o que Mokona dizia, May gritou enfurecida, assustando as meninas que estavam na sala:*

May: - Não me venha com palavras de apoio, sua duas caras! Ele te ama e pronto. Eu quero ele só pra mim, todo pra mim... mas não posso tê-lo. Não venha agora querer dar uma de boazinha, e sentir pena de mim, porque eu não vou aceitar que a pessoa que roubou meu irmão de mim venha me estender a mão e...


*Antes de May completar a frase, ela sentiu-se abraçada. Mokona tinha transformado tudo que ela poderia sentir de raiva por May em compaixão e entendimento dos sentimentos da outra. A abraçou com todo o amor que ela podia sentir, e molhou o ombro do uniforme de May com as próprias lágrimas.*

Mokona: - Não ache que eu também não te odiei, e não me senti ameaçada por você estar perto de Xysuke, e mostrar o quanto gostava dele, de todas as formas possíveis e inaceitáveis que uma irmã possa sentir pelo irmão. Eu não quero te odiar, ou ter recentimentos. Você sendo irmã do Xysuke, é uma parte dele, e eu quero te amar de alguma forma!! Quero ser pelo menos sua amiga. - Ela afroxou um pouco o abraço, olhando para May diretamente nos olhos - Eu não sou sua inimiga May, e não quero ser sua melhor amiga... eu... eu só quero saber um pouco mais sobre a irmã da pessoa que eu mais amo nesse mundo...


*May já tinha secado as lágrimas, e agora olhava Mokona assim tão perto. Ela olhou os olhos cheios de vida da cunhada, a pele branca e delicada, os cabelos loiros dando um ar de anjo para aquela pequena criatura na sua frente. Não era atoa que Xysuke tinha se apaixonado por ela. May abaixou a cabeça e ficou parada ali, nos braços de Mokona.*

May: - Eu ainda não sei o que fazer nem o que pensar. Mas se o que você diz é verdade, acho que tenho que ser menos orgulhosa e ver a chance que o destino está me dando. Lembro-me de alguns dos encinamentos do templo e sei que estou totalmente fora do caminho que deveria tomar. - Ela olhou para Mokona novamente - Se você tiver paciência e quiser me ajudar nessa caminhada... eu... agradeceria... - falando isso May ficou vermelha, virando os olhos para outro lado, sem poder encarar Mokona.


*Na sala as meninas tinham assistido a tudo, e já tomavam o rumo dos seus afazeres para não constranger as duas com platéia. Mokona soltou May em um pulo, voltando para a frente do seu balcão, onde tinha um bolo inacabado. ela estava vermelha e tremia um pouco com tudo que acontecera.*

Mokona: - Tudo que eu disse é verdade May... claro que eu sei que enquanto você estiver sofrendo Xysuke vai se preocupar, e eu não quero que ele sofra. Mas não sou tão má assim para ver uma pessoa sofrendo perto de mim e eu não estender uma mão a ela... - Mokona virou para May e sorriu, aquele sorriso meigo e cheio de ternura que só ela sabia dar. - Se não nos tornarmos irmãs, que pelo menos nos tornemos boas amigas ^.^


*May ficou calada, mas esboçou um sorriso fraco nos lábios. Era muita informação para ela digerir. Ela sempre imaginou que Mokona não gostasse dela tanto quanto ela não gostava de Mokona, mas isso não era a realidade. Deveria então aproveitar esse apoio e mudar, mudar logo que esse amor louco acabasse com ela e com a felicidade do irmão que tanto amava.*

_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Xysuke
~ Chefe da Cozinha ~
avatar

Leão Coelho
Número de Mensagens : 489
Idade : 31
Data de inscrição : 10/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Jun 26, 2012 12:30 am

Xysuke veio correndo de seu quarto, pedindo desculpas pra todo o pessoal, por ter vindo só agora.

- Gomen, gomen, minna!!! To atrasadão!! >.<

Foi até a cozinha e viu May e Mokona.

- May, flor, desculpa o atraso!!! Dormi demais!! @.@

Só então se deu conta de uma coisa...as duas estavam conversando uma com a outra e, por uma fração de segundo, Xysuke pensou ter visto May sorrindo para Mokona. Um sorriso, não de sarcasmo ou segundas intenções, mas sincero e de felicidade.

- o.o......o que é isso? Vim parar em uma Realidade Alternativa???

Xysuke olhou para Mokona e, lembrando-se do sonho que teve, sentiu-se aliviado por vê-la ali, feliz e tranquila, longe daquele pesadelo.

- Flor!!! - Ele correu até Mokona e colocou as mãos nos ombros dela, olhando-a nos olhos - Tudo bem contigo? Tá sentindo alguma coisa??

Por mais que soubesse que foi apenas um sonho, Xysuke se preocupava pensando que isso tivesse alguma relação com o bem-estar de Mokona, que provavelmente não estava entendendo bulhufas de toda aquela paranóia.

- Yokata.....u.u'

Após ver que estava tudo bem com Mokona, e sossegar um pouco as pregas, Xysuke percebeu uma coisa nela e em May. O rosto de ambas estava ligeiramente inchado, como se tivessem acabado de chorar.

- O que aconteceu com vocês?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 514
Idade : 27
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Jun 26, 2012 5:56 pm

*Todo mundo deu bom dia à Xysuke, continuando com as arrumações. Mokona sendo sacodida por ele, aceitou suas desculpas e ficou rubra quando ele perguntou se estava tudo bem com ela e com May.*

Mokona: - Está tudo certo conosco Xy-kun. Usamos uma cebola muito forte, e as duas acabaram em lágrimas... não é mesmo... May-chan? - ela disse piscando para ela.


*May que tinha dado um bom dia de longe ao irmão, ainda envergonhada, mas diante da enrolada de Mokona, ela vira para ele e lhe dá um sorriso encantador... ela realmente sentia-se melhor depois de conversar com Mokona:*

May: - Haaaaaaiii >.< - com 3 passos chega próximo a ele e lhe dá um beijo de bom dia na bochecha.


*O astral do lugar estava ótimo depois que as duas tiveram aquela conversa, e Mokona esperava que sempre fosse assim. Ela ainda sentia as mãos de Xysuke em seus ombros e o olhou com ternura. Assim que os olhos dos dois se reencontraram, ela lhe passou uma mensagem mental, dizendo que mais tarde eles conversariam sobre o que tinha acontecido ali, aquela manhã.*

Mokona: - Bem, agora precisamos pegar aqueles 10 kilos de farinha do depósito e trazer para cá, e preciso de um homem forte e másculo para ir até lá buscá-lo!!

*Ela continuou cozinhando e tagarelando. Fazia tempo que não se sentia tão feliz assim!*





_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Larg-chan
~ Instável ~
avatar

Leão Macaco
Número de Mensagens : 64
Idade : 26
Localização : Na Pensão por tempo indeterminado.
Emprego/lazer : Maid Casa de Chá/Tentar namorar Sephiroth
Humor : Negro...
Data de inscrição : 29/06/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qua Jun 27, 2012 10:36 pm

*Larg chegou na Casa de Chá e pegou a cena melequenta: "Me perdoe May, sou uma cunhada terrível" - "Oh querida Mo-chan, eu também fui terrível, me perdoe"...



Ela seguiu para o vestiário e colocou sua roupa de maid, e foi para a sala ajudar as meninas na organização das mesas. Olhava de canto para qualquer movimento que fizessem perto dela, temendo que fosse Akamaru. Ficou pensando na cena da irmã com May. Não entendia mesmo os humanos. Uma hora estavam se odiando, querendo-se mortos, em outro momento já estavam de bem... pareciam crianças... Pensando nisso Larg reparou que o seu maior medo no momento era se tornar cada vez mais humana naquele corpo. Ela sabia que estava com seus poderes presos, mas ainda era um ser mágico. Diferente da irmã que sonhava em ser humana depois que encontrara Xysuke, ela não queria aquilo para si. Não queria passar pelos sofrimentos, dores e angústias às quais os humanos viviam passando. Makie se aproximou de Larg com um sorriso de orelha a orelha:*


Makie: - PAAAARABÉNS LARG-CHAN!!!

Larg: - Hum?? o.ô

Makie: - Não é fácil conseguir namorado hoje em dia, e você arrumou um muito lindo e romântico!!! Wink Wink

Larg: - Mas... mas ele não é...

Makie: - Querendo fazer corpo mole é? Vimos ontem todos os sinais de namoro!! - Enquanto ela ia dizendo isso, rodopiava como um peão louco por entre as mesas. Coraçõesinhos voavam pra lá e pra cá. Wink


Larg: - Você é doida menina! Rolling Eyes Aquele traste nunca vai ser meu namorado...



_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Akamaru

avatar

Touro Búfalo
Número de Mensagens : 18
Idade : 33
Data de inscrição : 25/08/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qui Jun 28, 2012 10:46 pm

???: Está enganada, minha querida!!!!







Akamaru entrava no recinto majestosamente e fazendo uma baita cena. Holofotes se acendiam sobre ele, e ele vestia uma armadura de cavaleiro dourada, chamando a atenção de todo mundo da casa.

-----------------------------------------------------------------------------------------------
Música da entrada dele: https://www.youtube.com/watch?v=VcWqWt3ty1I
-----------------------------------------------------------------------------------------------

- FUHAHAHAHAHAAHAHHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!

Akamaru ria escandalosamente como um tirano, pagando o maior vale na frente de todo mundo.











- Conforme prometi a você ontem, minha amada, vim buscá-la, para fugirmos juntos para o meu castelo!
(Não prometeu p$#@% nenhuma disso xD)

Akamaru se ajoelha na frente de Larg, tomando sua mão, como se ela fosse uma princesa indefesa, e beijando-a, sem dar a mínima para o pessoal que estava assistindo aquele papelão. Xysuke estava vindo da cozinha, indo em direção ao depósito buscar os sacos de farinha que Mokona pediu, e olha todo o circo.

- Xy: ....o.o..... - fazendo cara de WTF

Akamaru percebe a presença de Xysuke e olha para ele com um olhar de inimizade.

- Então, você veio aqui para tentar, descaradamente, tirar minha amada Larg-chan de meus braços. Desista, você não vai conseguir!

- Xy: ¬¬' eu não vim fazer nada disso!

Akamaru responde gargalhando a plenos pulmões, com desdém.










- HAHAHAHAHA!!!! Me poupe de sua dissimulação!!! Você não pode me derrotar!!! Eu sou primo de uma conhecida do pai de alguém que se envolveu com um sujeito que é irmão da cunhada do sobrinho da mãe do cara que conheceu um neto do sogro da prima de um faixa preta em Krav Magá!

- Xy: E isso faz alguma diferença???? u.u'

Akamaru deixa de dar atenção a Xysuke e se volta para Larg.

- Não se preocupe, meu lindo lírio banhado com a luz da Lua. Voltarei para buscá-la e, conforme prometido, sairemos para viajar pelo mundo em busca da felicidade e tesouros valiosos. (Outra promessa absurda que nunca fez)

Ele sai de cena, dando grandes gargalhadas de triunfo. Quem olhasse acharia que é um louco que fugiu do hospício.

- Xy:....cara...quem quer que seja o responsável por isso, fez um belo de um estrago no coitado do Akamau...u.u'

_________________
"Eu não me lembro de nada.............mas isso importa?"

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Larg-chan
~ Instável ~
avatar

Leão Macaco
Número de Mensagens : 64
Idade : 26
Localização : Na Pensão por tempo indeterminado.
Emprego/lazer : Maid Casa de Chá/Tentar namorar Sephiroth
Humor : Negro...
Data de inscrição : 29/06/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Sex Jun 29, 2012 5:06 pm

(=O)

*Larg ficou totalmente parada olhando para a apresentação de insanidade de Akamaru... se tivesse um buraco no chão, ela iria com certeza se enfiar nele... Depois de todas as insanidades que Akamaru falou, ele foi embora (os deuses tinham piedade dela). Larg olhou para todos, os olhos molhados de lágrimas de raiva, e disse em voz alta:

Larg: - ALGUÉM POR FAVOR, ME MATE... - ela tinha os punhos serrados, tremia toda de ódio. Correu pra cozinha e saiu pela porta dos fundos. Se encostou na parede e deixou as lágrimas virem. Porque ele brincava com ela daquele jeito? Ridicularizando-a na frente de todos os seus colegas de trabalho... Isso tinha que acabar... e ela daria um jeito nisso agora!!

*Ela saiu batendo o pé, indo em direção à pensão. Iria dizer umas boas para ele. Esperava que ele estivesse no quarto. Ele conhecia um pouco do lado evil dela, mas hoje seria o primeiro dia em que ele veria a verdadeira Mokona Larg que havia dentro dela.*


:¬¬:




_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 514
Idade : 27
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Ago 13, 2012 11:39 am

*Mokona viu Larg saindo pela porta de serviço, e não gostou nada. Ela não deveria se deixar levar pelas sandices de Akamaru. Ela mesma tinha passado por várias e não tinha ficado tão abalada assim. Hoje era um dia que ela precisava de todas as meninas na casa, e Larg deveria aprender a separar problemas pessoais do horário de trabalho. (Claro que Akamaru entrar daquele jeito poderia afetar até mesmo os próprios clientes... Teria que falar com ele). Mokona parou na porta de serviço com a colher de pau na mão, e chamou Larg, antes que ela se afastasse demais da casa de chá.*

Mokona: - Mokona Larg... onde pensa que a senhorita vai 15 minutos antes de abrirmos a casa de chá??

*Larg parou no meio do caminho. Por que ela deveria obedecer sua irmã naquele momento? Por que Soel não entendia o que ela estava sentindo? Toda aquela raiva e frustração? Mas tinha prometido para si mesma que não se deixaria levar por Akamaru... e era exatamente o que estava acontecendo com ela... Ela se recompôs e começou a caminhar em direção à Casa de Chá.*

Larg: - Eu ia atrás de Akamaru pedir para que ele não invada a casa de chá em horário de funcionamento, para não estragar tudo... Mas se aparecer por aqui... ele não sabe o que o espera...


Mokona: - Tudo bem. (sorrindo) Me diga uma coisa Larg... você já fez a prova do uniforme de amanhã?

Larg: - Ainda não... mas farei isso depois do expediente. (^^)

Mokona: - Ok... - Larg entrou primeiro na cozinha, e Mokona colocou a mão dela no ombro da irmã. - Se aquele idiota fizer alguma coisa contra você novamente Larg-chan, me avise, que terei uma conversinha séria com ele, está bem?

Larg: - (^^) Está bem...

*As duas entraram para a Casa de Chá, e deram inicio ao novo dia de trabalho.*


_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makie-chan

avatar

Peixes Galo
Número de Mensagens : 46
Idade : 25
Localização : Atualmente Pensão Hinata
Emprego/lazer : Estudante / Ginástica Ritmica
Humor : Sempre de ótimo humor!! ^.^
Data de inscrição : 25/08/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Ago 13, 2012 10:14 pm

*Makie ficou toda animada depois que viu a apresentação do Príncipe Encantado de Larg. Aquela menina não podia ser mais envergonhada para ficar braba com toda aquela rasgação de seda chinesa. Mas Makie sabia muito bem o que fazer. Faria os dois pombinhos se encontrarem num ambiente romântico, propício para que a parte romântica de Larg desabrochasse... Ahhh!!! Smile Makie arrumava as mesas cantarolando "Love is in the air". Mas ela precisava de ajuda, olhou para os cantos e viu May dando sopa enquanto arrumava os guardanapos. Ela terminou de arrumar as mesas que estava responsável e passou voando ao lado de May, levando-a junto para o vestiário.*

Makie: - May-chan, você é a pessoa perfeita para me ajudar... *murmurando para um canto* -> Já que a rasgação de ceda é chinesa...


May: - ????

Makie: - Mas bem... seguinte!!! Você viu que Larg-chan e Akamaru-kun estão in love!! I love you Então eu tive a idéia perfeita para uní-los para sempre...

May: - Hum... você tem certeza disso Makie-chan... A Larg sempre fica com uma cara de quem comeu cocô quando ele esta por perto, que tenho minhas dúvidas... - *May pensando: O que essa idiota acha que vai fazer?? Tenho que fazer isso tudo parar, ou a Larg vai matar o Akamaru...*

Makie: - Bem eu pensei em colocar uns balões ali, uns mexicanos cantando "Cuando Decidas", ao fundo umas bailarinas lindas dançando, e.... blábláblá... Vai ser taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao romântico!!!!





May: - Bem... eu não tenho tanta certeza assim Makie-chan... Mas eu tenho uma coisa pra te contar... o Akamaru não está apaixonado... de verdade... pela Larg... é que eu... bem... eu... - May reuniu toda a sua coragem para falar que ela tinha colocado a poção do amor no chá...


Makie: - OOOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH Wink Wink Wink Wink Wink Wink - Makie abraça May forte.



Makie: - Só podia ser isso!!! Você é apaixonada por ele!!!!! Wink

May: - What a Face



Makie: - E agora? O que poderei fazer? Faço com que os dois pombinhos fiquem juntos para sempre, ou ajudo para que aconteça um triangulo amoroso...


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 26
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Set 10, 2012 11:46 pm

Hijikata entrava lentamente sobre a casa de chá olhando atentamente em sua volta. Com seu traje japonês feito de um tecido bem leve , longo e roxo, ele soltava seus longos cabelos negros, fazendo-os chicotar sobre ar, trazendo um aroma levemente doce, algo parecido com o aroma das cerejeiras. Sentando-se em uma mesa, Hijkata olha para as pessoas que passam ao seu redor, esperando alguém o atendesse .

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 514
Idade : 27
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 1:05 pm

*Mokona notou que os clientes começaram a chegar, e pediu que as meninas ficassem alertas para receber e pegar os pedidos deles. Depois de algum tempo, ela notou um burburinho em volta de uma mesa, e não entendeu o que estava acontencendo. A maioria das meninas estava tentando chegar na mesa, como se ali tivesse alguma celebridade, e todas quisessem atender a tal pessoa. Mokona foi até lá não só por curiosidade, mas para informar às meninas que se acalmassem, e fossem atender aos outros clientes também. Ao chegar mais perto da mesa, as garotas notaram a aura assassina da chefe e foram abrindo caminho, fazendo Mokona finalmente ver o que estava levando suas maids à loucura quase histérica. Era um homem muito bonito e atraente. Ele tinha uma aura forte, mas ao mesmo tempo máscula e enigmática.*

Mokona: - Irasshaimasen, Goshujin-sama!! - Mokona fez uma reverência para ele - Por gentileza, escolha uma das meninas para lhe atender, assim as outras poderão voltar aos seus afazeres.

*Mokona dizendo isso foi como colocar lenha na fogueira, as meninas começaram a se aglomerar ainda mais perto dele, dizendo:


- Me escolha, Goshujin-sama...



- Não, escolha a mim!! Goshujin-sama...



- Goshujin-samaaaaaa...





Mokona começou a ficar tonta com tanta falação, tentando enchergar o cliente, na pontinha dos pés. Ele que se resolvesse logo, ou teria que dar um Shoryuken naquelas loucas...*

_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
~ DaiSuki Tea House ~
Voltar ao Topo 
Página 3 de 13Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 11, 12, 13  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hinata Sou ~ Wellcome :: ~ Hinata Sou ~ :: *~* Chá com Sake *~*-
Ir para: