Pensionato de loucos... você entra e viaja nas mais loucas aventuras criadas por nossos consciêntes! Baseado na história original de Ken Akamatsu ~ LOVE HINA XD Divirta-se!
 
HallInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 ~ DaiSuki Tea House ~

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Jun 25, 2012 10:59 am

(PRIMEIRO DIA DEPOIS DA INAUGURAÇÃO!)

*Mokona chegou cedo na casa de chá. Recebeu alguns fornecedores e tratou de mandar brasa nos afazeres do dia. As meninas começaram a chegar, e Mokona percebeu May assim que ela entrou pela porta da cozinha. Ela estava sorridente, mas Mokona conseguiu ver, no fundo dos olhos da outra, uma profunda tristesa. O episódio de ontem tinha atingido May de uma forma profunda. Mokona não poderia começar a tratar May de forma carinhosa assim do nada, ela teria que ir aos poucos mostrando à cunhada que estava mudando a forma de ser para com ela. As duas agora eram colegas de trabalho, iriam passar muito tempo juntas, e acreditava que isso iria aproximá-las.

Mokona: - Bom Dia May (era umas 11h da manhã). Deixei o esquema do dia de hoje no mural. Preciso que você faça pra mim aqueles Muffins deliciosos... Acho que dá tempo... e amanhã teremos as provas de algumas roupas, pois a cada semana teremos um dia temático. Esta semana será a semana do Mordomo Londrino... todas as meninas estarão vestidas com uniformes masculinos... e assim por diante...

*Enquanto Mokona ia falando, ela ia organizando algumas coisas na cozinha, e esperando que a massa da torta especial do dia ficasse pronta. Ela não olhava para May, mas conversava com ela amigavelmente. Ela estava bastante tensa, digamos assim, com as faces coradas e a testa meio úmida.*


*May notou algo de estranho em Mokona desde o "Bom Dia May!" Será que ela estava tramando algo? Será que descobrira que fora ela que fizera toda a confusão por causa do chá? Com o cenho franzido, May foi até o mural e leu as especificações do dia. Nada de difícil. Iria fazer os muffins imediatamente.*

May: - Ok Mokona-chan... Eu... queria pedir desculpas por toda a confusão de ontem, não vai mais se repetir. Serei mais profissional a partir de hoje. - May começou a pegar os ingredientes para os Muffins, e dentro de seu coração algo parecia querer sair pela boca... ela estava com muitas idéias e dúvidas na cabeça, e não tinha ninguém pra conversar. Não conhecia Mokona suficiente, e nem tinha tanta intimidade com ela para falar qualquer coisa de sua vida pessoal. Mas parecia que precisava muito falar para alguém o que lhe apertava a garganta. As duas estavam trabalhando em silêncio, quando de repente May sente algo escorrendo de seus olhos... as lágrimas vieram sem que ela ordenasse. Tentou de todas as formas acalmar-se, mas parecia que uma represa havia sido destruida dentro de si.


*Mokona olhava May trabalhando silênciosamente, e não sabia o que dizer para quebrar aquele silêncio todo. Pensava, ainda calada, nos comentários idiotas que poderia fazer e só piorar tudo. No grande salão as meninas estavam tagarelando arrumando as mesas e os arranjos de flores para o dia que iniciaria. Algum tempo depois Mokona olhou May de canto e viu que as faces da menina estavam molhadas... de lágrimas?*

Mokona: - Muitas vezes o destino nos prega peças, para que possamos crescer nessa vida. Eu nunca acreditei em destino até encontra o Xy-kun e todas as pessoas ao meu redor, que me ajudam a mudar e a crescer interiormente. - Mokona olhou para May com um sorriso nos lábios, achando que talvez aquelas palavras pudessem levantar o moral dela.


*May arregalou os olhos com as palavras de Mokona. As palavras dela a atingiram como um raio, e as lágrimas rolaram soltas. May largou a colher de pau, e virou para Mokona, olhando-a com olhos tristes e molhados.*

May: - Você tem razão, Moka-chan... eu... eu... amo meu irmão acima de tudo neste mundo, ele é a única família que eu tenho, e você o tirou de mim... - As palavras iam saindo sem que May pensasse, numa ansia por falar o que estava preso em sua garganta - O destino foi cruel conosco desde o começo, e parece que continua cruel para comigo, pelo menos. - Ela virou-se para o balcão, envergonhada por ter falado a verdade para a cunhada. - Eu invejo você Mokona. Eu odeio você por ter o coração do meu irmão todo pra você. Mas sei que isso é errado. Sei que tenho que pensar e sentir isso diferente, mas é muito difícil pra mim. - May deixou as lágrimas correndo enquanto tentava se acalmar.


*Mokona ouviu as palavras desesperadas de May, e ficou triste também, abaixando os olhos. Sentiu-se um coco da mosca do coco do cavalo do bandido... Mas uma luz de carinho apareceu no meio do coração de Mokona e ela aproximou-se um pouco de May dizendo:*

Mokona: - O coração de Xysuke é maior do que você imagina, May, e ele continua te amando como sempre amou, e se preocupa com você todos os dias. O amor que ele sente pelas duas é diferente, mas não menos intenso. Eu...


*Numa explosão de raiva e frustração ao ouvir o que Mokona dizia, May gritou enfurecida, assustando as meninas que estavam na sala:*

May: - Não me venha com palavras de apoio, sua duas caras! Ele te ama e pronto. Eu quero ele só pra mim, todo pra mim... mas não posso tê-lo. Não venha agora querer dar uma de boazinha, e sentir pena de mim, porque eu não vou aceitar que a pessoa que roubou meu irmão de mim venha me estender a mão e...


*Antes de May completar a frase, ela sentiu-se abraçada. Mokona tinha transformado tudo que ela poderia sentir de raiva por May em compaixão e entendimento dos sentimentos da outra. A abraçou com todo o amor que ela podia sentir, e molhou o ombro do uniforme de May com as próprias lágrimas.*

Mokona: - Não ache que eu também não te odiei, e não me senti ameaçada por você estar perto de Xysuke, e mostrar o quanto gostava dele, de todas as formas possíveis e inaceitáveis que uma irmã possa sentir pelo irmão. Eu não quero te odiar, ou ter recentimentos. Você sendo irmã do Xysuke, é uma parte dele, e eu quero te amar de alguma forma!! Quero ser pelo menos sua amiga. - Ela afroxou um pouco o abraço, olhando para May diretamente nos olhos - Eu não sou sua inimiga May, e não quero ser sua melhor amiga... eu... eu só quero saber um pouco mais sobre a irmã da pessoa que eu mais amo nesse mundo...


*May já tinha secado as lágrimas, e agora olhava Mokona assim tão perto. Ela olhou os olhos cheios de vida da cunhada, a pele branca e delicada, os cabelos loiros dando um ar de anjo para aquela pequena criatura na sua frente. Não era atoa que Xysuke tinha se apaixonado por ela. May abaixou a cabeça e ficou parada ali, nos braços de Mokona.*

May: - Eu ainda não sei o que fazer nem o que pensar. Mas se o que você diz é verdade, acho que tenho que ser menos orgulhosa e ver a chance que o destino está me dando. Lembro-me de alguns dos encinamentos do templo e sei que estou totalmente fora do caminho que deveria tomar. - Ela olhou para Mokona novamente - Se você tiver paciência e quiser me ajudar nessa caminhada... eu... agradeceria... - falando isso May ficou vermelha, virando os olhos para outro lado, sem poder encarar Mokona.


*Na sala as meninas tinham assistido a tudo, e já tomavam o rumo dos seus afazeres para não constranger as duas com platéia. Mokona soltou May em um pulo, voltando para a frente do seu balcão, onde tinha um bolo inacabado. ela estava vermelha e tremia um pouco com tudo que acontecera.*

Mokona: - Tudo que eu disse é verdade May... claro que eu sei que enquanto você estiver sofrendo Xysuke vai se preocupar, e eu não quero que ele sofra. Mas não sou tão má assim para ver uma pessoa sofrendo perto de mim e eu não estender uma mão a ela... - Mokona virou para May e sorriu, aquele sorriso meigo e cheio de ternura que só ela sabia dar. - Se não nos tornarmos irmãs, que pelo menos nos tornemos boas amigas ^.^


*May ficou calada, mas esboçou um sorriso fraco nos lábios. Era muita informação para ela digerir. Ela sempre imaginou que Mokona não gostasse dela tanto quanto ela não gostava de Mokona, mas isso não era a realidade. Deveria então aproveitar esse apoio e mudar, mudar logo que esse amor louco acabasse com ela e com a felicidade do irmão que tanto amava.*

_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Xysuke
~ Chefe da Cozinha ~
avatar

Leão Coelho
Número de Mensagens : 481
Idade : 30
Data de inscrição : 10/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Jun 26, 2012 12:30 am

Xysuke veio correndo de seu quarto, pedindo desculpas pra todo o pessoal, por ter vindo só agora.

- Gomen, gomen, minna!!! To atrasadão!! >.<

Foi até a cozinha e viu May e Mokona.

- May, flor, desculpa o atraso!!! Dormi demais!! @.@

Só então se deu conta de uma coisa...as duas estavam conversando uma com a outra e, por uma fração de segundo, Xysuke pensou ter visto May sorrindo para Mokona. Um sorriso, não de sarcasmo ou segundas intenções, mas sincero e de felicidade.

- o.o......o que é isso? Vim parar em uma Realidade Alternativa???

Xysuke olhou para Mokona e, lembrando-se do sonho que teve, sentiu-se aliviado por vê-la ali, feliz e tranquila, longe daquele pesadelo.

- Flor!!! - Ele correu até Mokona e colocou as mãos nos ombros dela, olhando-a nos olhos - Tudo bem contigo? Tá sentindo alguma coisa??

Por mais que soubesse que foi apenas um sonho, Xysuke se preocupava pensando que isso tivesse alguma relação com o bem-estar de Mokona, que provavelmente não estava entendendo bulhufas de toda aquela paranóia.

- Yokata.....u.u'

Após ver que estava tudo bem com Mokona, e sossegar um pouco as pregas, Xysuke percebeu uma coisa nela e em May. O rosto de ambas estava ligeiramente inchado, como se tivessem acabado de chorar.

- O que aconteceu com vocês?

_________________
https://www.youtube.com/watch?v=9A9NLW8FJ1w

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Jun 26, 2012 5:56 pm

*Todo mundo deu bom dia à Xysuke, continuando com as arrumações. Mokona sendo sacodida por ele, aceitou suas desculpas e ficou rubra quando ele perguntou se estava tudo bem com ela e com May.*

Mokona: - Está tudo certo conosco Xy-kun. Usamos uma cebola muito forte, e as duas acabaram em lágrimas... não é mesmo... May-chan? - ela disse piscando para ela.


*May que tinha dado um bom dia de longe ao irmão, ainda envergonhada, mas diante da enrolada de Mokona, ela vira para ele e lhe dá um sorriso encantador... ela realmente sentia-se melhor depois de conversar com Mokona:*

May: - Haaaaaaiii >.< - com 3 passos chega próximo a ele e lhe dá um beijo de bom dia na bochecha.


*O astral do lugar estava ótimo depois que as duas tiveram aquela conversa, e Mokona esperava que sempre fosse assim. Ela ainda sentia as mãos de Xysuke em seus ombros e o olhou com ternura. Assim que os olhos dos dois se reencontraram, ela lhe passou uma mensagem mental, dizendo que mais tarde eles conversariam sobre o que tinha acontecido ali, aquela manhã.*

Mokona: - Bem, agora precisamos pegar aqueles 10 kilos de farinha do depósito e trazer para cá, e preciso de um homem forte e másculo para ir até lá buscá-lo!!

*Ela continuou cozinhando e tagarelando. Fazia tempo que não se sentia tão feliz assim!*





_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Larg-chan
~ Instável ~
avatar

Leão Macaco
Número de Mensagens : 64
Idade : 25
Localização : Na Pensão por tempo indeterminado.
Emprego/lazer : Maid Casa de Chá/Tentar namorar Sephiroth
Humor : Negro...
Data de inscrição : 29/06/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qua Jun 27, 2012 10:36 pm

*Larg chegou na Casa de Chá e pegou a cena melequenta: "Me perdoe May, sou uma cunhada terrível" - "Oh querida Mo-chan, eu também fui terrível, me perdoe"...



Ela seguiu para o vestiário e colocou sua roupa de maid, e foi para a sala ajudar as meninas na organização das mesas. Olhava de canto para qualquer movimento que fizessem perto dela, temendo que fosse Akamaru. Ficou pensando na cena da irmã com May. Não entendia mesmo os humanos. Uma hora estavam se odiando, querendo-se mortos, em outro momento já estavam de bem... pareciam crianças... Pensando nisso Larg reparou que o seu maior medo no momento era se tornar cada vez mais humana naquele corpo. Ela sabia que estava com seus poderes presos, mas ainda era um ser mágico. Diferente da irmã que sonhava em ser humana depois que encontrara Xysuke, ela não queria aquilo para si. Não queria passar pelos sofrimentos, dores e angústias às quais os humanos viviam passando. Makie se aproximou de Larg com um sorriso de orelha a orelha:*


Makie: - PAAAARABÉNS LARG-CHAN!!!

Larg: - Hum?? o.ô

Makie: - Não é fácil conseguir namorado hoje em dia, e você arrumou um muito lindo e romântico!!! Wink Wink

Larg: - Mas... mas ele não é...

Makie: - Querendo fazer corpo mole é? Vimos ontem todos os sinais de namoro!! - Enquanto ela ia dizendo isso, rodopiava como um peão louco por entre as mesas. Coraçõesinhos voavam pra lá e pra cá. Wink


Larg: - Você é doida menina! Rolling Eyes Aquele traste nunca vai ser meu namorado...



_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Akamaru

avatar

Touro Búfalo
Número de Mensagens : 18
Idade : 32
Data de inscrição : 25/08/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qui Jun 28, 2012 10:46 pm

???: Está enganada, minha querida!!!!







Akamaru entrava no recinto majestosamente e fazendo uma baita cena. Holofotes se acendiam sobre ele, e ele vestia uma armadura de cavaleiro dourada, chamando a atenção de todo mundo da casa.

-----------------------------------------------------------------------------------------------
Música da entrada dele: http://www.youtube.com/watch?v=VcWqWt3ty1I
-----------------------------------------------------------------------------------------------

- FUHAHAHAHAHAAHAHHAHAHAHAHA!!!!!!!!!!!

Akamaru ria escandalosamente como um tirano, pagando o maior vale na frente de todo mundo.











- Conforme prometi a você ontem, minha amada, vim buscá-la, para fugirmos juntos para o meu castelo!
(Não prometeu p$#@% nenhuma disso xD)

Akamaru se ajoelha na frente de Larg, tomando sua mão, como se ela fosse uma princesa indefesa, e beijando-a, sem dar a mínima para o pessoal que estava assistindo aquele papelão. Xysuke estava vindo da cozinha, indo em direção ao depósito buscar os sacos de farinha que Mokona pediu, e olha todo o circo.

- Xy: ....o.o..... - fazendo cara de WTF

Akamaru percebe a presença de Xysuke e olha para ele com um olhar de inimizade.

- Então, você veio aqui para tentar, descaradamente, tirar minha amada Larg-chan de meus braços. Desista, você não vai conseguir!

- Xy: ¬¬' eu não vim fazer nada disso!

Akamaru responde gargalhando a plenos pulmões, com desdém.










- HAHAHAHAHA!!!! Me poupe de sua dissimulação!!! Você não pode me derrotar!!! Eu sou primo de uma conhecida do pai de alguém que se envolveu com um sujeito que é irmão da cunhada do sobrinho da mãe do cara que conheceu um neto do sogro da prima de um faixa preta em Krav Magá!

- Xy: E isso faz alguma diferença???? u.u'

Akamaru deixa de dar atenção a Xysuke e se volta para Larg.

- Não se preocupe, meu lindo lírio banhado com a luz da Lua. Voltarei para buscá-la e, conforme prometido, sairemos para viajar pelo mundo em busca da felicidade e tesouros valiosos. (Outra promessa absurda que nunca fez)

Ele sai de cena, dando grandes gargalhadas de triunfo. Quem olhasse acharia que é um louco que fugiu do hospício.

- Xy:....cara...quem quer que seja o responsável por isso, fez um belo de um estrago no coitado do Akamau...u.u'

_________________
"Eu não me lembro de nada.............mas isso importa?"

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Larg-chan
~ Instável ~
avatar

Leão Macaco
Número de Mensagens : 64
Idade : 25
Localização : Na Pensão por tempo indeterminado.
Emprego/lazer : Maid Casa de Chá/Tentar namorar Sephiroth
Humor : Negro...
Data de inscrição : 29/06/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Sex Jun 29, 2012 5:06 pm

(=O)

*Larg ficou totalmente parada olhando para a apresentação de insanidade de Akamaru... se tivesse um buraco no chão, ela iria com certeza se enfiar nele... Depois de todas as insanidades que Akamaru falou, ele foi embora (os deuses tinham piedade dela). Larg olhou para todos, os olhos molhados de lágrimas de raiva, e disse em voz alta:

Larg: - ALGUÉM POR FAVOR, ME MATE... - ela tinha os punhos serrados, tremia toda de ódio. Correu pra cozinha e saiu pela porta dos fundos. Se encostou na parede e deixou as lágrimas virem. Porque ele brincava com ela daquele jeito? Ridicularizando-a na frente de todos os seus colegas de trabalho... Isso tinha que acabar... e ela daria um jeito nisso agora!!

*Ela saiu batendo o pé, indo em direção à pensão. Iria dizer umas boas para ele. Esperava que ele estivesse no quarto. Ele conhecia um pouco do lado evil dela, mas hoje seria o primeiro dia em que ele veria a verdadeira Mokona Larg que havia dentro dela.*


:¬¬:




_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Ago 13, 2012 11:39 am

*Mokona viu Larg saindo pela porta de serviço, e não gostou nada. Ela não deveria se deixar levar pelas sandices de Akamaru. Ela mesma tinha passado por várias e não tinha ficado tão abalada assim. Hoje era um dia que ela precisava de todas as meninas na casa, e Larg deveria aprender a separar problemas pessoais do horário de trabalho. (Claro que Akamaru entrar daquele jeito poderia afetar até mesmo os próprios clientes... Teria que falar com ele). Mokona parou na porta de serviço com a colher de pau na mão, e chamou Larg, antes que ela se afastasse demais da casa de chá.*

Mokona: - Mokona Larg... onde pensa que a senhorita vai 15 minutos antes de abrirmos a casa de chá??

*Larg parou no meio do caminho. Por que ela deveria obedecer sua irmã naquele momento? Por que Soel não entendia o que ela estava sentindo? Toda aquela raiva e frustração? Mas tinha prometido para si mesma que não se deixaria levar por Akamaru... e era exatamente o que estava acontecendo com ela... Ela se recompôs e começou a caminhar em direção à Casa de Chá.*

Larg: - Eu ia atrás de Akamaru pedir para que ele não invada a casa de chá em horário de funcionamento, para não estragar tudo... Mas se aparecer por aqui... ele não sabe o que o espera...


Mokona: - Tudo bem. (sorrindo) Me diga uma coisa Larg... você já fez a prova do uniforme de amanhã?

Larg: - Ainda não... mas farei isso depois do expediente. (^^)

Mokona: - Ok... - Larg entrou primeiro na cozinha, e Mokona colocou a mão dela no ombro da irmã. - Se aquele idiota fizer alguma coisa contra você novamente Larg-chan, me avise, que terei uma conversinha séria com ele, está bem?

Larg: - (^^) Está bem...

*As duas entraram para a Casa de Chá, e deram inicio ao novo dia de trabalho.*


_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Makie-chan

avatar

Peixes Galo
Número de Mensagens : 45
Idade : 24
Localização : Atualmente Pensão Hinata
Emprego/lazer : Estudante / Ginástica Ritmica
Humor : Sempre de ótimo humor!! ^.^
Data de inscrição : 25/08/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Ago 13, 2012 10:14 pm

*Makie ficou toda animada depois que viu a apresentação do Príncipe Encantado de Larg. Aquela menina não podia ser mais envergonhada para ficar braba com toda aquela rasgação de seda chinesa. Mas Makie sabia muito bem o que fazer. Faria os dois pombinhos se encontrarem num ambiente romântico, propício para que a parte romântica de Larg desabrochasse... Ahhh!!! Smile Makie arrumava as mesas cantarolando "Love is in the air". Mas ela precisava de ajuda, olhou para os cantos e viu May dando sopa enquanto arrumava os guardanapos. Ela terminou de arrumar as mesas que estava responsável e passou voando ao lado de May, levando-a junto para o vestiário.*

Makie: - May-chan, você é a pessoa perfeita para me ajudar... *murmurando para um canto* -> Já que a rasgação de ceda é chinesa...


May: - ????

Makie: - Mas bem... seguinte!!! Você viu que Larg-chan e Akamaru-kun estão in love!! I love you Então eu tive a idéia perfeita para uní-los para sempre...

May: - Hum... você tem certeza disso Makie-chan... A Larg sempre fica com uma cara de quem comeu cocô quando ele esta por perto, que tenho minhas dúvidas... - *May pensando: O que essa idiota acha que vai fazer?? Tenho que fazer isso tudo parar, ou a Larg vai matar o Akamaru...*

Makie: - Bem eu pensei em colocar uns balões ali, uns mexicanos cantando "Cuando Decidas", ao fundo umas bailarinas lindas dançando, e.... blábláblá... Vai ser taaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao romântico!!!!





May: - Bem... eu não tenho tanta certeza assim Makie-chan... Mas eu tenho uma coisa pra te contar... o Akamaru não está apaixonado... de verdade... pela Larg... é que eu... bem... eu... - May reuniu toda a sua coragem para falar que ela tinha colocado a poção do amor no chá...


Makie: - OOOOOOOOOOOOOHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH Wink Wink Wink Wink Wink Wink - Makie abraça May forte.



Makie: - Só podia ser isso!!! Você é apaixonada por ele!!!!! Wink

May: - What a Face



Makie: - E agora? O que poderei fazer? Faço com que os dois pombinhos fiquem juntos para sempre, ou ajudo para que aconteça um triangulo amoroso...


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 25
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Seg Set 10, 2012 11:46 pm

Hijikata entrava lentamente sobre a casa de chá olhando atentamente em sua volta. Com seu traje japonês feito de um tecido bem leve , longo e roxo, ele soltava seus longos cabelos negros, fazendo-os chicotar sobre ar, trazendo um aroma levemente doce, algo parecido com o aroma das cerejeiras. Sentando-se em uma mesa, Hijkata olha para as pessoas que passam ao seu redor, esperando alguém o atendesse .

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 1:05 pm

*Mokona notou que os clientes começaram a chegar, e pediu que as meninas ficassem alertas para receber e pegar os pedidos deles. Depois de algum tempo, ela notou um burburinho em volta de uma mesa, e não entendeu o que estava acontencendo. A maioria das meninas estava tentando chegar na mesa, como se ali tivesse alguma celebridade, e todas quisessem atender a tal pessoa. Mokona foi até lá não só por curiosidade, mas para informar às meninas que se acalmassem, e fossem atender aos outros clientes também. Ao chegar mais perto da mesa, as garotas notaram a aura assassina da chefe e foram abrindo caminho, fazendo Mokona finalmente ver o que estava levando suas maids à loucura quase histérica. Era um homem muito bonito e atraente. Ele tinha uma aura forte, mas ao mesmo tempo máscula e enigmática.*

Mokona: - Irasshaimasen, Goshujin-sama!! - Mokona fez uma reverência para ele - Por gentileza, escolha uma das meninas para lhe atender, assim as outras poderão voltar aos seus afazeres.

*Mokona dizendo isso foi como colocar lenha na fogueira, as meninas começaram a se aglomerar ainda mais perto dele, dizendo:


- Me escolha, Goshujin-sama...



- Não, escolha a mim!! Goshujin-sama...



- Goshujin-samaaaaaa...





Mokona começou a ficar tonta com tanta falação, tentando enchergar o cliente, na pontinha dos pés. Ele que se resolvesse logo, ou teria que dar um Shoryuken naquelas loucas...*

_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 25
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 1:27 pm

Hijikata, sem saber o que fazer com tantas garotas em sua mesa, olhou rapidamente para aquela que se curvou diante de si e meio sem jeito e sério, apontou para Mokona, sem dar muita atenção para as outras que estavam ali.

- N-não sei porque tanta bagunça para me atender... apenas quero tomar um chá... - Dizia ele furioso e envergonhado - Não sei o que as garotas veem em mim... - Resmunga

Apesar de não saber muito de sua beleza, Hijikata era um rapaz simples, não costumava sair muito para beber ou relaxar. Seu destino era, apesar de tudo, lutar pelo seus amigos e familiares, que já eram bem poucos.

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 26
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 10:52 pm

Moe chega na casa de chá, e se curva para todos que estavam ali. Ela sorri docemente para todos e caminha em direção de Mokona.

- Moka chan, eu já terminei a limpeza lá na pensão, se não for muita intromissão gostaria de ajudar aqui também... - Sorri sem graça.


Ela vê o novo hóspede da casa e sorri.

- Seja bem vindo, deve ser o novo morador não é? Desculpe ser indelicada, meu nome é Moe Satsuke. - Ela se curva educadamente.

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 25
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 10:58 pm

Olhando para todas aquele movimento em sua mesa,Hijikata observe mais uma garota que se aproximava de mokona.

- Ah... Prazer, me chamo Hijikata.- Ele cumprimentava a garota ruiva meio perdido entre as outras. - Você pode me explicar, por qual motivo há tantas garotas em minha mesa? - Perguntava enquanto sua paciencia ia para o além .


_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 26
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 11:31 pm

Ela sorri sem graça, e coça a cabeça lhe descendo uma gota na testa. Ela ri e sorri para Mokona, se curva para ela indo para a cozinha, lá ela se troca e coloca uma roupa de maid. Segurando a vassoura ela começa a varrer e discretamente ela vai se aproximando da mesa do hóspede.


- Bem, é que as meninas adoram servir moços bonitos como você... - Fala aos sussurros e fica envergonhada. - Me desculpe... N-não estou s-sendo uma moça abusada, apenas, f-fazendo um elogio... x.X'

Desajeitada ela ia varrendo, sorri para ele sem graça, e começa a limpar as janelas subindo em uma cadeira quase perdendo o equilíbrio por vezes.

- Ehehehe... Razz

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 25
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 11:39 pm

Sem saber o que dizer, Hijikata se levanta de sua mesa e olha para todas as garotas que estavam ali.



- Por favor... não quero tumulto em minha mesa... Como eu já disse, eu apenas vim aqui para tomar um chá e apreciar o local. - Seu olhar sério era bem notável. - Ahm... já que é para escolher uma para me atender... Moe, poderia me trazer um chá verde ? - Ele dizia bem calmo, enquanto ignorava as outras que se aproximavam dele.

Se sentando novamente em sua cadeira, ficava a espera do chá enquanto olhava a janela com os seus olhos de cor violeta.

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 26
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 11, 2012 11:52 pm

What a Face Question

Moe quase cai de cima do banquinho, e olha sem graça para Mokona e as meninas, uma gota enorme desce pela sua testa vendo a cara de algumas no modo evil. Ela se curva diversas vezes como que pedindo desculpas sem que Hijikata perceba, pega o balde e a vassoura e guarda na dispensa, vai até a cozinha, e ela mesmo prepara o chá, trazendo alguns biscoitinhos que ela mesmo tinha feito.

- Espero que não se importe Moka chan, não quero mesmo ninguém chateado comigo...

nhu *suspira*

Ela se dirige até a mesa do hóspede, e deposita a bandeja ali. Ela o chama discretamente e fala gentilmente.

- Ehm... Hijikata sama... Eu trouxe o seu pedido, e inclui uns biscoitinhos, por minha conta, espero que goste, são amanteigados... Desculpe... Na verdade não era para eu ser a escolhida... - Fala meio insegura. - Eu só ajudo na limpeza aqui... - Sorri. - Mas, como o senhor pediu, eu só queria que se sentisse bem e... - Meio enrrolada e envergonhada para falar.

Razz

- Bem melhor eu voltar a trabalhar né?... - Meio desajeitada, ela se curva algumas vezes apenas aguardando que ele experimentasse.

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 25
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qua Set 12, 2012 12:02 am

Com o pedido de seu chá já em sua mesa, Hijikata toma um gole do chá e então pega um dos biscoitos que haviam ali e come. Ao ouvir as palavras da ruiva, ele solta um sorriso tímido e tenta disfarçar olhando para a janela do local.

- Até que, para uma ajudante de limpeza, você se saiu muito bem, me atendendo. - Desviando o olhar para Mokona, Hijikata se levanta de sua mesa e aponta para Moe - Por favor, quero que ela me atenda, toda vez que eu vier aqui... se a questão for dinheiro, eu pago mais. - Seu olhar sério mostrava a sua decisão .

heroi

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 26
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qua Set 12, 2012 12:28 am

scratch panic

Sendo observada pelas outras meninas, Moe fica bastante insegura, ela sorri sem graça para as outras passando novamente para a cozinha e ficando lá até que seu coração se acalme. Ela respira um pouco e volta a pegar o balde e as tralhas de limpeza, se aproxima timidamente da mesa do hóspede e fala aos sussurros.

Razz

- Ehm... Hijikata sama... Sinto lhe dizer que não posso lhe atender sempre, lhe servindo sempre, se você realmente gostou dos biscoitos pode me procurar que lhe darei mais... - Bastante sem graça ela deixa os cabelos caírem sob a face. - Eu só venho aqui de vez enquando dar uma mão na limpeza... - Sorri. - Se algum momento quiser, eu p-posso te levar para conhecer melhor a pensão... E o bairro Hinata... - Muito envergonhada quase esmigalhando a vassoura. - N-não me entenda mal... É só para você se enturmar né... - Ainda de cabeça baixa.

dãã *pensando: O que eu to fazendo? Ele vai achar que sou uma oferecida!!!!*

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 25
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qua Set 12, 2012 12:41 am

Olhando para aquela ruiva que quase quebrava a vassoura de tão tímida que estava, Hijikata se senta novamente em sua mesa, termina de tomar o seu chá e comer os biscoitos e então volta a novamente ficar em pé.

- Pena... eu gostei tanto do seu chá e dos biscoitos... - Dizia enquanto pegava o dinheiro e o deixava encima da mesa. - Pensão ? Eu estou procurando por um... Já que meu batalhão ja se retiraram do campo e me mandaram esfriar a cabeça... - Hijikata se lembrava de seu batalhão mandando-o ir beber ou tirar umas férias, ja que o estava tudo calmo por la e os generais estavam todos presentes, acabou indo mesmo não querendo :¬¬: .

Retirando alguns fragmentos do biscoito que ainda haviam em sua roupa, Hijikata se vira em direção de Mokona, se curva e agradece pela bom atendimento e pelo bom chá, logo, voltava a olhar para Moe e então, voltava a se curvar, agora, diante dela.

- Se puder me levar até a Pensão, eu ficaria grato.


_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 26
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qua Set 12, 2012 12:52 am

Ele realmente parecia ser diferente do habitual de pessoas que estava acostumada a conhecer. Por um momento Moe sorria, admirando aquela cordialidade até mesmo vinda de um passado não tão distante que aquele homem a fazia recordar em seus livros de história.
Desde pequena era encantada pelas histórias de gloriosos samurais que protegiam suas terras e suas famílias com fervor, sua espada sendo sempre a extensão de sua alma, e o que realmente importava era a educação e o refinamento, o cuidado e a disciplina.
Seus lábios se entre abriram um pouco surpreendida pelas palavras dele.
Ela deu uma risadinha, mas, logo se recompôs.


- Moka chan, se não se importa... - Se curva umas vinte vezes rapidamente para todas as outras. - Venho novamente aqui para terminar o que comecei, afinal os vidros e o chão estão limpos, venho mais tarde com t-toda c-certeza! - Ela franze o cenho decidida, e olha estranhamente para Larg, alguma coisa estava acontecendo, ou ela não estaria naquele estado pensou consigo. - Até mais tarde...

Colocou sua roupa informal novamente, e saiu da casa de chá seguindo o novo hóspede.

- Se não se importa, hoje eu estou um pouquinho cansada, as cerejeiras parecem ter florescido, me espere lá em cima... - Aponta para a escadaria que levava até a pensão. - Vou pegar algumas coisas para a gente comer enquanto conversamos.

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mokona / Arthuria
Auxiliar da Gerência ^.^
avatar

Leão Cabra
Número de Mensagens : 511
Idade : 26
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Dai Suki Tea House/Namorar
Humor : >.<
Data de inscrição : 08/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 18, 2012 9:39 pm

*Mokona ficou assistindo a toda aquela cena... o cara não era só bonitão, era duro de roer também! Depois dessa, ou Moe arranjava um casamento ou virava maid vip do tal cara... Ela fez uma reunião de tarde com as meninas, pedindo mais profissionalismo, e esperando que elas se comportassem da próxima vez que alguém como ele aparecesse na Casa de Chá.

Mokona não tirava os olhos de Larg. Será que Akamaru realmente estava gostando dela? Akamaru seria um homem morto se fizesse sua irmã sofrer por amor. E outra. May que acreditasse que ficou por isso mesmo a história da hora do chá. Foi naquele momento que tudo virou de cabeça pra baixo por ali. ¬¬

Ela percebeu, de onde estava controlando tudo, quando May saiu com Makie para fora da Casa de Chá. O que aquelas duas estavam de tititi? Ela parou e riu de si mesma, parecia aquelas velhas fofoqueiras das novelas... mas ali era a SUA Casa de Chá, e elas deveriam seguir as SUAS regras.

Quando elas retornaram para o grande salão que já estava bem cheio depois das 18h, que Mokona reparou na cara da May. O que ela estava pensando naquele momento? Mokona olhou tanto pra ela, tentando ler seus pensamentos que a outra não deixou de notar que Mokona a olhava insistentemente.*




_________________
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
May Uchiniwa
Auxiliar da Cozinha ^.^
avatar

Virgem Cavalo
Número de Mensagens : 21
Idade : 27
Localização : Pensão Hinata
Emprego/lazer : Cozinhar...
Humor : ^.^
Data de inscrição : 19/06/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Set 18, 2012 10:40 pm

*May terminou de atender um dos clientes, e notou que Mokona estava quase cortando os dedos de olhar fixo pra ela. Ela estava ficando de saco cheio daquilo. Iria contar logo pra Mokona o que realmente tinha acontecido. Ela caminhou em direção a cozinha, e com olhar de chefão da máfia, chamou Mokona pra fora da cosinha, com um meneio de cabeça.
Entendendo, Mokona parou de cortar pela milésima vez as cenouras, lavou as mãos, e foi atrás de May.*


May: - Mokona-chan... eu tenho que te contar uma coisa... eu... - May reuniu toda a coragem que tinha - EU AGI MUITO MAL, E COLOQUEI UMA POÇÃO DO AMOR NA XÍCARA DE CHÁ QUE ERA PRO ONII-SAN... mandei Larg levar, e ela entregou errado pro Akamaru... ¬¬

*Mokona demorou alguns segundos pra computar o que ela tinha dito...*
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.





Mokona: - Então você tentou fazer o próprio irmão se apaixonar forçado por você... Você tem idéia do que teria acontecido se tivesse tido êxito?

.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.




- EU IA ACABAR COM A TUA RAÇA... IA TE TRANSFORMAR EM MIL PEDACINHOS, E TE MANDAR PRA LUA....
HÓÓÓÓÓÓÓÓHOHOHOHOHOHO

HÓÓÓÓÓÓÓÓHOHOHOHOHOHO


(Sim, Mokona é EXTREMAMENTE ciumenta quando se trata do Xysuke)

May: - Ora sua... onde está a historinha de "Quero ser pelo menos sua amiga May?"


Mokona: - Amiga? ASSIM? Querendo pegar o MEU namorado a força? Amiga da onça só se for...



May: - Ora bolas, sua sem gratidão... pelo menos to te contando o que eu fiz...

Mokona: - Pois não deveria ter nem pensado em fazer algo assim, sua irmã desavergonhada...

May: - Não sou desavergonhada, pelo amor tudo vale...

Mokona: - Amor de irmão não conta!!!

May: - Eu só queria que tu soubesse que foi por causa do chá que o Akamaru se apaixonou pela Larg...

Mokona....................................



Mokona: - AHAHAHAHAHAHAH ENTÃO ERA ISSO!!!!! AUHAUHAUHAA EU SABIA QUE ELE NÃO PODERIA ESTAR APAIXONADO PELA LARG... KKKKK ELE GOSTA DE MIM... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Larg-chan
~ Instável ~
avatar

Leão Macaco
Número de Mensagens : 64
Idade : 25
Localização : Na Pensão por tempo indeterminado.
Emprego/lazer : Maid Casa de Chá/Tentar namorar Sephiroth
Humor : Negro...
Data de inscrição : 29/06/2009

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Qua Set 19, 2012 10:28 pm

*Larg terminou de largar um café em uma mesa, e viu com o canto dos olhos, May e Mokona saindo pra fora... As duas arqui-inimigas juntas? Algo estava acontecendo. Ela avisou que ia tirar 15 minutos de lanche e saiu pela frente, fazendo toda a volta da Casa de Chá. Ela foi chegando perto da porta da cozinha e ouviu Mokona e May brigando... discutindo... depois ela ouviu:

Mokona: - AHAHAHAHAHAHAH ENTÃO ERA ISSO!!!!! AUHAUHAUHAA EU SABIA QUE ELE NÃO PODERIA ESTAR APAIXONADO PELA LARG... KKKKK ELE GOSTA DE MIM... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK



*Larg ouviu as palavras da irmã que vieram com tanto escárnio que um ódio aflorou de dentro dela... Então era assim... Ela sabia que Akamaru gostava dela, ela tinha Xysuke, e mesmo assim, não deixava Akamaru pra outra pessoa? Egoísta... Egoísta...*

Larg: - EGOÍSTA!!!!!!!!!!!

*Mokona parou de rir e ficou olhando pra Larg sem entender. Razz *

Larg: - Vou te mostrar que com o coração dos outros não se brinca... EU VOU CONQUISTAR O AKAMARU, VOCÊ VAI VER!!!



*Ela deu as costas, tirou o avental, e foi em direção à Pensão.*

*Mokona e May ficaram se olhando sem entender...* Shocked scratch

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Xysuke
~ Chefe da Cozinha ~
avatar

Leão Coelho
Número de Mensagens : 481
Idade : 30
Data de inscrição : 10/01/2008

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Sex Set 21, 2012 8:45 pm

- Entendi. Então, foi isso que aconteceu.

Xysuke tomava chá tranquilamente perto das duas, e acabou ouvindo a história toda.



- Senhorita Mayara Wong Uchiniwa. Depois que esse problema todo for resolvido, a senhorita e eu teremos uma conversa bem séria. Mas, no momento, a prioridade é outra.

Xysuke faz Mokona e May se sentarem a uma mesa redonda, tirada sabe-se lá de onde, e ele se senta, fazendo cosplay de comandante.



- Companheiros da Távola Oval. Eu declaro aberta a "Reunião oficial para buscar uma solução para o romance artificial e evitar que mais bolas sejam chutadas injustamente".

Uma maid e um garçom da casa de chá estavam de pé ao lado de Xysuke, vestidos de militares com uma enorme gota na testa.

- Primeiramente, gostaria de questionar a possibilidade de preparar um antídoto para neutralizar o efeito da poção. Oficial May, algum posicionamento?

_________________
https://www.youtube.com/watch?v=9A9NLW8FJ1w

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Uchihara Sephiroth
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 37
Idade : 25
Localização : Templo Uchihara
Emprego/lazer : ...
Humor : Sério
Data de inscrição : 02/10/2012

MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   Ter Out 02, 2012 7:12 am

Em um local não muito distante dali, um rapaz de cabelo branco e longo, travava uma batalha contra um '' pequeno '' demônio bastante conhecido por suas façanhas e por sua liderança em um mundo chamado de '' Inferno ''... Seu nome era Aion. Barulhos de lâminas se chocando um contra o outro deixava claro que a batalha era até a morte.

- Acha mesmo que tem o direito de tomar o que é meu ? - Dizia o rapaz de cabelos longos enquanto forçava o demônio a se defender de seus ataques rápidos.

- E você, pequeno vampiro? O que achas que pode fazer diante de mim, herdeiro do trono do inferno? - O demônio dizia com um sorriso irônico em sua face.

- Antes, eu não podia fazer nada, mas agora, você não me passa de um pequeno rato medroso... - O vampiro rapidamente golpeou a espada do demônio para longe e fincou a sua espada no coração do mesmo. - Achas mesmo que eu fique parado durante todos esses anos? Vou honrar o sangue de Sayako e de minha familia, pois agora o Arkam ressuscitou.

Retirando a espada do demônio, o rapaz limpou sua katana arrancando um pedaço da vestimenta do mesmo e então guardou sua espada e seguiu o seu caminho. Um pouco mais a frente, ele encontrava uma casa de chá parecida com o que ele costumava a viver, fazendo-o se lembrar de seu passado, de sua mãe e de todo o pessoal que vivia por ali. Com seus passos lentos, o rapaz entrava no local notando um pequeno movimento ali, logo, se sentou em um mesa perto da janela e ali ficou esperando que alguém o atendesse.

_________________

Só o tempo vai dizer se você merece ou não viver a esse mundo... se ele não cumprir esse papel, eu mesmo o farei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: ~ DaiSuki Tea House ~   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
~ DaiSuki Tea House ~
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» 1º Open House - Bikersbase - Portalegre
» Vocês acham que usam rodas largas???? (Pintura Flake / Kameleon)
» Capela da ventoinha do motor VW boxer. Tipos.
» ER-6 in the hOusE!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hinata Sou ~ Wellcome :: ~ Hinata Sou ~ :: *~* Chá com Sake *~*-
Ir para: