Pensionato de loucos... você entra e viaja nas mais loucas aventuras criadas por nossos consciêntes! Baseado na história original de Ken Akamatsu ~ LOVE HINA XD Divirta-se!
 
HallInícioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Enquanto isso embaixo das cerejeiras...

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 26
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 10:24 am

Com Moe em seus braços, Hijikata fechava lentamente os seus olhos enquanto ela brincava com sua mão, fazendo surgir em seus lábios, um doce sorriso.

- Foi algo que eu nem eu sei explicar, apenas bati o olho e o meu coração ordenou que eu te chamasse. - Ele dizia enquanto levava a outra mão até a face dela, acariciando-a. - E também, porque aqueles biscoitos estavam realmente ótimos. - Disse desviando seu olhar para a cerejeira, um pouco tímido.

Desviando seu olhar novamente para os olhos dela, Hijikata sorriu e assim ficou por um tempo, apreciando as duas esmeraldas que brilhavam em sua frente.

''Superei tantas lutas e ganhei grandes batalhas... mas perdi para um simples olhar seu...''


_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 27
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 12:18 pm


Cada vez mais perto, ela desejava ficar, seus orbes verde esmeralda cintilavam com as palavras dele. Aquele sentimento, se tornava vivo. Moe se sentia feliz. Se sentiu pequena e protegida pelos braços dele quando o abraçou novamente e sorriu, aquele momento sendo único e apenas dos dois, não importava como, era a vez dela... A chance dele...

O que realmente importa?

- Você tá falando dos meus biscoitos só porque fui eu que os fiz... - Olhou no rosto dele novamente, e viu que ele desviou o olhar, ela deu uma leve risada, colocando o dedo indicador na bochecha dele, e assim por fim lhe dando um beijo ali.

Seu olhar terno, suas mãos voltavam a acariciar a face dele, ela depositava sua testa na de Hijikata e o obrigava a olhar em seus olhos, seu coração retumbava, assim como sua respiração falhava.

- Vou fazer sempre esses biscoito para você... - Sorriu timidamente novamente inclinando a cabeça para o lado. - Se você me prometer uma coisa... - Ela se distanciou e ficou olhando para baixo. - Que se um dia quiser partir, me diga pelo menos aonde você vai... - Pelas experiências ruins do passado ela se sentia insegura.

Ainda permanecendo de cabeça baixa, ela olhava para a mão entrelaçada com a dele, sentia um aperto no peito mas, que de certa forma era um alívio por voltar a sentir.

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 26
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 12:47 pm


Hijikata sorriu ao vê-la resmungar sobre os seus próprios biscoitos, sendo que para ele, realmente estavam muito bem preparados e muito saborosos, estava elogiando não pelo fato de ela ter feito os biscoitos, mas porque estavam realmente bons.

- Estou elogiando porque estava realmente bons, não é só porque você fez. - Sorriu mais um pouco ao sentir o dedo dela em sua bochecha e logo após, o beijo.

Com a aproximação da face dela, Hijikata ficou um pouco sério e um pouco envergonhado com aquela ação repentina, engoliu seco e então ouviu as palavras dela.

- Eu não vou partir desse lugar sem você Moe. - Ele dizia enquanto levava sua mão até o queixo dela, levantando sua face para que ela olhasse nos olhos dele - Eu lhe disse e vou repetir, não vou fugir de você, enfrentarei qualquer coisa que nos atrapalhar. - Seus olhos estavam sérios - Se quiser uma prova... - Lentamente, Hijikata levava novamente seus lábios até os dela, dando a ela, um beijo profundo, roçando sua língua ao dela.

O coração de Hijikata batia forte novamente, o sabor dos lábios de Moe eram algo doce para ele, um sabor que ele jamais esqueceria.

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 27
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 1:36 pm


"As pessoas fantasiam os amores, sem levar em conta os sentimentos, os verdadeiros. Quando eu me vi sozinha, eu ainda carregava a esperança...
A luz do sol sempre volta a brilhar para quem a procura, encontrar a minha novamente, é permitir que ela me aqueça de novo, sem me importar com o medo de perdê-la outra vez...
Eu sei que eu posso continuar a procurá-la se um dia ela deixar de brilhar para mim novamente...
É isso que ainda me torna forte para o mundo...
Pois, lá fora sempre vai haver a luz que brilhará apenas para você..."


Para ela aquela simples prova que ele estava ali era o suficiente; enquanto o beijava, ela o trazia para si, não conseguia mais ficar na ponta dos pés e aos poucos se desequilibrava, então ela foi puxando ele delicadamente, até conseguir se sentar nos pés da cerejeira, sem conseguir se separar de seus lábios.

O vento mais uma vez insistia em empurrar os cabelos de ambos, o cheiro de morangos que exalava dos cabelos ruivos dela eram doce, assim como seu perfume de jasmim, lentamente ela o trazia, segurando seus trajes para próximo de seu corpo até que ambos se viam ao chão em cima da singela toalha.


Timidamente ela roçou a língua sob o lábio dele, e corou, virou o rosto muito tímida, agora que estava embaixo dele ela não conseguia olhar em seus olhos pelo rubor. Lentamente aqueles gestos inocentes, voltavam para ele, com uma certa dor, ela ergueu os braços tocando no rosto dele, aproximou a face e colou o nariz no dele.

- ... Meu peito dói... - Ela aperta os olhos e sorri. - Mas, é bom... Eu gosto disso... - Ela ria sem jeito.

Ela pega a mão dele e timidamente a pousa sobre o peito dela, ela fica ainda mais vermelha.

- Tá vendo? Ele agora bate na sua mão... - Sorri ternamente.

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 26
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 2:07 pm

''A escuridão nunca é eterna, pois sempre haverá uma luz para mostrar o seu caminho
.''



Com seus olhos, Hijikata se deixava levar pelas caricias dela, sentindo cada parte de seus lábios roçar nos dela. Aquele cheiro doce de morango daqueles cabelos ruivos e bem sedosos e o cheiro de seu corpo de lavanda, fazia daquele momento, eterno.
Ao cair sobre aquela toalha, Hijikata ouvia atenciosamente, as palavras de Moe, possuído pelo desejo de te-la cada vez mais. Colocando sua mão sobre o peito dela, Hijikata sentia o coração dela pulsar forte, e com aquilo, ele sorriu

- Seu coração está exatamente como o meu. - Ao terminar de dizer, ele voltava a beija-la, enquanto mantinha aquela mão sobre o peito dela e colocava a outra mão dela sobre o seu peito, fazendo ela sentir seu coração. - Ele bate por você agora, cuide bem dele. - Ele sorri .

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 27
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 2:46 pm

"Deixe que a luz da lua nos proteja..."


"Quando não há mais nada a se dizer, simplesmente não diga nada, apenas sinta..."

Os corações pareciam estar sincronizados naquele momento, ela não parecia estar mais naquele mundo, estava entregue ao prazer de se envolver com ele em um "reino" onde só exista os dois.
O carinho era mútuo, ao abraçá-lo forte acabou por desprender o cabelo dele, ela sentia o seu perfume, atraindo-a como uma arma letal de um predador prestes a devorá-la; ela não se importaria se fosse ele...
O agarrou delicadamente sem o afastar de seus lábios, sua respiração sofrega, pedia cada vez mais por aquele beijo que não parecia ter fim. Até que ela precisasse sentir novamente o ar em seus pulmões, ela o provocava instintivamente, percorrendo os lábios até o pescoço dele, subindo delicadamente até o lóbulo da sua orelha e mordendo ainda de olhos fechados sentindo prazer em fazer aquilo.


- Eu cuidarei sim... Porque eu quero ser um pouco egoísta ao menos uma vez e dizer que ele é meu... - Ela corava, dizendo aquilo aos sussurros no ouvido dele.

...Já era quase noite, e a lua os iluminava naquela noite quente que se aproximava.


_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 26
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 3:46 pm

''Tome o meu coração e nunca mais me devolva.''



Sentindo os lábios dela em seu seu pescoço, Hijikata sentia um pequeno arrepio, mas um arrepio no qual lhe dava prazer. Sua respiração estava um pouco ofegante, suas maçãs de seus rosto estava vermelhos e seu coração batendo a milhões. A cada toque e a cada beijo, sua respiração se tornava mais intenso.

- Ele já é seu. - Ele disse em um sussurro sobre a orelha , dando uma pequena mordida no pescoço , que aos poucos, ia descendo para o ombro, junto de sua mão que deslizava pelas costas dela, puxando para si. - Agora pegue o que te pertence e não solte... jamais, porque é isso que eu irei fazer.

Sobre a luz da lua, Hijikata olhou novamente para aqueles olhos de esmeraldas, querendo e desejando cada vez mais, aqueles doces lábios e aquele corpo frágil. Lentamente, ele levou os lábios até os dela, dando novamente, outro beijo, enquanto a levantava daquela toalha, envolvendo em seus braços e fazendo-a se sentar por cima das pernas dele.

Lentamente, seus lábios se direcionam para o pescoço , dando pequenos beijos no local, enquanto a sua mão retirava lentamente as vestimentas dela.





_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 27
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 6:09 pm

"Se o teu coração é meu, tome meu corpo em troca..."


O vestido leve que ela usava, suas alças deslisavam pelo seu corpo, se despedindo da pele sedosa que roçava em si. Ela se posicionava sentada em cima dele, dando espaço para o beijos dele em seu pescoço, ela fechava os olhos em prazer, agora não importava o que diriam, ela o queria mais do que qualquer coisa.
Sua pele manifestava o arrepio provocado pelos beijos, mesmo sem sabe o que fazer, ela guiava as mãos dele para que tocasse em seu corpo, agora o beijando enquanto assim fazia.
Encostando a face na dele lateralmente, ela lhe dava beijos, assim como ele, ela retribuia em seu pescoço agora com leves mordidas. Acomodou as mãos dele em suas coxas, por baixo do vestido amarelo claro; o rubor ia aumentando em sua face; o calor despertando intensamente em seu corpo, aquilo realmente não era uma simples atração, era destino.


- Tome meu corpo para você, não me importa que seja você a fazer isso primeiro... - Ela sussurrava com dificuldade para respirar, sentindo o coração martelar em seu peito assim como o corpo a se manifestar pelo desejo se pondo a tremer, demonstrando toda sua fragilidade.

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
HijikataYuh
Hóspede Vip
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 28
Idade : 26
Localização : Kyoto - Japão
Emprego/lazer : Samurai e General Shinsengumi
Humor : Calmo ( As vezes )
Data de inscrição : 10/09/2012

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 6:41 pm

''Possua meu corpo, meu coração e minha alma''



Hijikata se entregava cada vez mais a aquele desejo que o possuía aos poucos enquanto ela mordia seu pescoço. Suas mãos que pousavam sobre as delicadas coxas, retiravam por completo as vestimentas dela, deixando-a com apenas as suas roupas íntimas. Hijikata tentava se manter calmo, apesar de seu coração martelar forte sobre o seu peito.


- Obrigado por confiar em mim...Moe. - Ele a puxava gentilmente para si, abraçando-a enquanto levava suas mãos, até o feche do sutiã e soltando-a.

Se afastando um pouco, Hijikata retirava seu traje, deixando seu corpo a amostra, ele estava um pouco envergonhado, não queria dizer a ela, mas era a sua primeira vez também, logo, voltou levou seus lábios até o pescoço dela, e aos poucos, foi descendo até chegar aos lugares aonde a faria sentir um pouco mais de prazer e ali, ele deu pequenas sugadas sobre o as pontas enquanto roçava sua língua na mesma região.

_________________


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Moe Chan
Lavadeira Oficial
avatar

Aquário Cabra
Número de Mensagens : 31
Idade : 27
Localização : Hinata
Emprego/lazer : Cuidar da pensão
Humor : Tímida
Data de inscrição : 16/12/2009

MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   Qui Set 13, 2012 7:42 pm

"Que tudo que exista em mim seja seu..."


"Descrever um poesia tem a ver com o quanto o seu coração está apto a demonstrar os seus reais sentimentos..."

Tomada pelo desejo, se entregando a luz da lua, aquele desejo a possuir, aqueles beijos que atordoavam. Aquelas palavras ditas aos sussurros, o calor a tomar conta do próprio corpo; A respiração ofegar, o suor percorrer as costas desnudas, as unhas percorrem o caminhos das costas, a aproximação abrupta entre os membros, a dor se misturando ao prazer, os lábios que se entre abriam e os olhos que se fechavam.

Sentir...
Palavra que apenas nos reporta a uma idéia, mas, não ao completo significado...


Os corpos em colapso, a pressa, a urgência em se tocar e a se entregar, as roupas que evitavam o contato agora jogadas a distância, o medo, misturado ao prazer de cada toque de cada gemido; o atrito entre os corpos que se provocavam, instigando a penetrar mais e mais fundo, mais e mais rápido naquele sentimento nascido do desejo e da atração, a voz que saia tremida, as lágrimas que brotavam no canto dos olhos, as posições que mudavam confortando um ao outro e fazendo novamente com que o calor de seus corpos os aquecessem naquele momento.

O que realmente importa?
Quando se realmente ama, a força que perdemos sem perceber se renova...


A dor do prazer o suor que percorria pela face, o mesmo que escorria pelas costas desprotegidas e arranhadas, o desejo em obter o gemido alto que saia da voz, naquele momento, naqueles últimos minutos em que ambos se entregaram a felicidade completa em dizer por fim:

- Eu te amo... - A voz saia sofrega e carregada, enquanto ela deitava sob o peito desnudo do amado, deixando que as lágrimas fossem sua demonstração de alegria.

_________________


Conte sempre comigo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Enquanto isso embaixo das cerejeiras...   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Enquanto isso embaixo das cerejeiras...
Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Hinata Sou ~ Wellcome :: ~ Hinata Sou ~ :: ~ Arredores da Pensão ~-
Ir para: